logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Engenheiro de produção: tudo sobre a profissão

O profissional focado na produtividade das empresas. Cenários que exigem mais eficiência e redução de custos apresentam grande potencial para o engenheiro de produção
engenheiro de produção

Sobre a profissão

O engenheiro de produção se dedica à concepção, implementação e melhoria dos processos produtivos em uma empresa, envolvendo pessoas, materiais, informações, energia, equipamentos, competências e habilidades dentro de uma linha de produção.

Ou seja, o profissional é responsável por otimizar o processo produtivo e garantir sua eficiência, de forma estratégica e mantendo baixos os custos de produção.

Para isso, o engenheiro de produção une conhecimentos técnicos com conhecimentos sobre Gestão de Pessoas, Administração e Economia.

O objetivo do trabalho de um engenheiro de produção é melhorar processos para que uma empresa seja mais sustentável. Por isso, esse tipo de profissional tem duas coisas muito fortes em mente: aumentar ou manter a produtividade e reduzir custos sem perder qualidade.


Em momentos de crise, o engenheiro de produção possui grande potencial de atuação. Trata-se de uma das áreas da Engenharia com remunerações bastante altas, podendo chegar a salários médios de mais de R$9.000,00, segundo dados de 2019 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).


Portanto, o profissional graduado em Engenharia de Produção poderá trabalhar com o setor de planejamento, na área financeira, em operações e/ou logística e em conjunto com o time de marketing de uma empresa.


Além disso, há a possibilidade de desempenhar funções com a qualidade da produção, engenharia do trabalho e atrelar processos sustentáveis com a área de Engenharia. Por fim, o profissional poderá atuar em instituições de ensino, como professor, e em pesquisas na área de atuação.

Na Quero Bolsa, você encontra ofertas de cursos de bacharelado e pós-graduação para o curso de Engenharia de Produção.

As possibilidades de atuação para o engenheiro de produção são bastante variadas. Ele é capaz de atuar em empresas dos mais diferentes segmentos, sejam elas públicas ou privadas.

Contudo, as corporações que mais contratam engenheiros de produção são as indústrias de modo geral, especialmente dos setores de:

  • Mecânica
  • Química
  • Construção
  • Alimentos
  • Petróleo e indústrias siderúrgicas
  • Agroindústria
  • Automóveis

Além das empresas de manufatura e fabricação, este profissional também pode ser contratado por empresas de serviços, como as de transporte aéreo, internet, consultorias, bancos, telefonia, logística etc.

Dentro das organizações, há possibilidade de atuação nas áreas de pesquisa operacional, gestão da manutenção, tecnologia da informação, automação industrial, planejamento e controle da produção, financeiro, suprimentos, logística, entre outras.

Por que ser um Engenheiro de produção?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro de produção

    Como se tornar um Engenheiro de produção?

    Quem deseja se tornar engenheiro de produção deve obter diploma no curso superior de Engenharia da Produção aprovado pelo MEC. Além disso, o engenheiro de produção precisa estar devidamente registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde atua.

    Durante a formação acadêmica, o estudante terá acesso aos conteúdos sobre, por exemplo, Ergonomia e Projeto do Produto, Introdução à Mecânica dos Sólidos, Sistemas de Informação Gerenciais e Tecnologia Industrial Básica. Para conferir todas as informações sobre a grade curricular de Engenharia de Produção, basta conferir a página da Quero Bolsa

    Além disso, a instituição de ensino solicita um trabalho de conclusão de curso (TCC) e estágio obrigatório supervisionado de, no mínimo, 160 horas. Ao todo, o curso de Engenharia de Produção possui cinco anos (10 semestres) para formação dos estudantes. 

    Para ter sucesso no mercado de trabalho, o engenheiro de produção deve possuir um perfil empreendedor e capaz de se adaptar às mais diversas organizações da sociedade e funções que pode exercer dentro dessas organizações.

    Além disso, deve ser um profissional versátil, com espírito crítico e raciocínio lógico, ter criatividade e gostar de resolver problemas e enfrentar desafios.

    Se você gostaria de se profissionalizar na área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia de Produção, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?