Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Quanto ganha um Engenheiro de Produção? Salário e carreira na área de Engenharia de Produção

Selecionamos informações sobre a profissão de Engenheiro de Produção, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.
Salário médio no Brasil Engenheiro de Produção R$ 7.634,88
Maior salário médio por estado Sergipe R$ 12.253,52
Maior salário médio por especialidade Engenheiro de Controle de Qualidade R$ 13.709,49

Qual o salário de um Engenheiro de Produção?

O salário médio de um Engenheiro de Produção no Brasil é de R$ 7.634,88.
As especialidades com os melhores salários são Engenheiro de Riscos, Engenheiro de Controle de Qualidade e Engenheiro de Seguranca do Trabalho.

Essas informações são baseadas nas 4032 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Engenheiro de Produção por especialidade
Especialidade Salário médio
Engenheiro de Riscos R$ 21.525,71
Engenheiro de Controle de Qualidade R$ 18.786,58
Engenheiro de Seguranca do Trabalho R$ 16.579,85
Engenheiro de Producao R$ 16.172,94
Engenheiro de Logistica R$ 15.155,37
Engenheiro de Tempos e Movimentos R$ 11.789,47
Tecnólogo em Produção Industrial R$ 8.764,17
Tecnólogo em Segurança do Trabalho R$ 5.809,27
Higienista Ocupacional R$ 3.488,78
Estude Engenharia de Produção pagando menos!
As melhores ofertas para você começar a estudar pagando menos Ver bolsas de estudo

Como é a carreira de Engenheiro de Produção?

O trabalho de um engenheiro de produção é bastante diversificado e pode variar dependendo da empresa ou indústria em que ele trabalha. No entanto, em geral, um engenheiro de produção é responsável por projetar, planejar e aprimorar processos de produção em busca de maior eficiência e produtividade.


Para atingir esse objetivo, o engenheiro de produção precisa ter conhecimentos sólidos em áreas como gestão de projetos, logística, estatística, otimização de processos e tecnologia da informação. Ele também deve estar familiarizado com as melhores práticas do mercado em sua área de atuação e ser capaz de aplicá-las em sua empresa.


O trabalho do engenheiro de produção pode envolver atividades como análise de dados, identificação de gargalos na produção, desenvolvimento de estratégias para redução de custos e aumento de eficiência, implementação de tecnologias inovadoras, gerenciamento de projetos, planejamento da produção e controle de qualidade.


Além disso, o engenheiro de produção também pode ser responsável por liderar equipes de trabalho, treinar funcionários e realizar apresentações e relatórios para a alta administração da empresa.


Desta forma, o engenheiro de produção é um profissional que trabalha na otimização de processos e na busca por maior eficiência e produtividade na produção de bens e serviços. Ele é responsável por planejar, projetar e implementar soluções que possam melhorar a qualidade, reduzir custos e aumentar a competitividade da empresa em que atua.

Na Quero Bolsa, você encontra ofertas de cursos de bacharelado e pós-graduação para o curso de Engenharia de Produção.

Como é a rotina de um engenheiro de produção?

A rotina de um engenheiro de produção envolve análise de dados, planejamento e supervisão de processos. Eles começam o dia revisando relatórios de desempenho e métricas, planejando suas atividades. Isso pode incluir o desenvolvimento de estratégias para melhorar a eficiência, reduzir custos e garantir a qualidade. Eles também gerenciam equipes, coordenam recursos e garantem o cumprimento dos cronogramas de produção. Além disso, monitoram o estoque, garantem o controle de qualidade e implementam medidas sustentáveis, quando necessário.

O engenheiro de produção é responsável por otimizar processos e aprimorar a eficiência e produtividade de bens e serviços.

Seu trabalho envolve identificar e solucionar problemas na linha de produção, reduzindo custos e aumentando a qualidade dos produtos ou serviços da empresa. Para atingir esse objetivo, ele realiza análises de dados, observa o fluxo de trabalho e realiza testes e simulações para avaliar a eficácia dos procedimentos.

Outro objetivo do engenheiro de produção é aumentar a produtividade da empresa, sem comprometer a qualidade dos produtos. Para isso, ele implementa novas tecnologias, cria planos de produção mais eficientes e identifica gargalos.

Além disso, o profissional também é responsável por garantir a segurança dos trabalhadores, a eficiência energética e a sustentabilidade dos processos produtivos.

Na prática, a carreira de engenheiro de produção é desenvolvida em empresas de manufatura, logística, consultoria empresarial, serviços financeiros, tecnologia, entre outros.

O profissional também pode atuar como consultor empresarial, prestando serviços de análise e otimização de processos para empresas de diversos setores.

Além disso, o engenheiro de produção pode seguir uma carreira acadêmica, atuando como professor universitário ou pesquisador em instituições de ensino ou centros de pesquisa.

Como é a rotina de um engenheiro de produção?

A rotina de um engenheiro de produção envolve o planejamento de processos de produção em indústrias ou empresas. Ele aprimora e gerencia as operações, promovendo eficiência, redução de custos e aumento da produtividade.

O engenheiro de produção inicia seu dia analisando relatórios de desempenho, verificando metas e monitorando indicadores de produção para identificar qualquer desvio ou oportunidade de melhoria nos processos. Eles frequentemente participam de reuniões com outras áreas, como logística, qualidade e manutenção, para discutir planos de ação e alinhar estratégias.

Para encerrar o dia, o engenheiro de produção pode revisar os resultados das ações implementadas, atualizar documentos e sistemas de gestão e planejar as atividades do próximo dia ou período.

Para exercer a função de engenheiro de produção, é exigido o curso superior completo na área de Engenharia de Produção e registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Durante o curso, os estudantes se aprofundam em disciplinas como matemática, física, ciência dos materiais, gestão da produção, planejamento estratégico, entre outras.

Além da formação acadêmica, é importante que o engenheiro de produção tenha experiência em projetos práticos na área, seja em estágios ou trabalhos em empresas.

O mercado também valoriza a capacidade de inovação e adaptação do profissional, especialmente frente à transformação digital, além disso de habilidades interpessoais, como comunicação, trabalho em equipe e de liderança.

Ver mais sobre essa carreira

A Quero Bolsa te ajuda a encontrar sua faculdade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!
Ilustração de uma pessoa com uma coroa na cabeça
  • Você encontra sua vaga e faz a pré-matrícula na hora
  • O desconto da Quero Bolsa é valido até o fim do curso
  • Bolsa garantida ou seu dinheiro de volta