logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Engenheiro de software: tudo sobre a profissão

Aquele que desenvolve programas de computador, aplicativos e plataformas digitais. Mercado conta com crescimento e grandes investimentos; salário médio pode passar de R$5.000,00 em alguns estados brasileiros
engenheiro de software

Sobre a profissão

O engenheiro de software trabalha no desenvolvimento de programas de computador, buscando a inovação e a ciência para garantir maior desempenho e produtividade dos setores da economia. Além de desenhar e testar novos programas, o engenheiro de software é responsável por realizar manutenção, revisão e atualização deles.

Entre os programas desenvolvidos pelo engenheiro de software estão jogos, aplicativos, plataformas digitais para atividades de educação, sistemas específicos para áreas como a médica e bancária, entre outros. O engenheiro de software também pode gerenciar projetos e negócios de empresas de computação.

O trabalho do engenheiro de software envolve o desenvolvimento de programas e aplicativos, o gerenciamento de projetos ligados a softwares, a realização de testes nos sistemas e o planejamento do design estrutural dos programas. A carreira apresenta grande crescimento nos últimos anos, principalmente, por causa da constante evolução tecnológica vivida nos dias atuais. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2019, o salário médio de um engenheiro de software no Brasil é superior a R$5.000,00 em alguns estados.

O engenheiro de software pode trabalhar em empresas públicas ou privadas de todos os segmentos, na área de inovação da companhia. É comum que o engenheiro de software seja contratado por startups de inovação e por grandes empresas de tecnologia. O profissional poderá trabalhar também como administrador de bancos de dados, analista de sistemas e programador.

O engenheiro de software pode se especializar em diferentes áreas de desenvolvimento de softwares, como bancos de dados, programas técnico-científicos, softwares para palmtops e smartphones, sistemas eletrônicos embarcados, jogos, programas educativos, ensino, sistemas de gerenciamento, administração de empresas, sistemas de apoio a Medicina, e outros.

Por que ser um Engenheiro de software?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro de software

    Como se tornar um Engenheiro de software?

    Um engenheiro de software deve ser organizado e dedicado, ter domínio da matemática, lógica e tecnologia, gostar de solucionar problemas e estar sempre atualizado. Além disso, para se tornar um engenheiro de software, é necessário diploma de curso superior em Engenharia de Software. A especialização desse profissional pode acontecer com um curso de pós-graduação.

    Para exercer a profissão, o engenheiro de software precisa, atualmente, registrar-se no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). A regulamentação da profissão pelo CREA é recente e polêmica, pois enquadra o engenheiro de software nas áreas de Engenharia quando está mais relacionado à área de Computação e Informática. Portanto, é preciso estar atento a esse assunto.

    Se você gostaria de se profissionalizar na área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia de Software, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?