logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Suboficial da Marinha: tudo sobre a profissão

Aquele que ocupa a graduação mais elevada entre os praças da Marinha. Sua atuação requer virtudes militares e qualidades de mando. O profissional deve passar por várias etapas de graduação até alcançar o posto
suboficial da marinha

Sobre a profissão

O suboficial da Marinha ocupa a graduação mais elevada entre os praças. Nesse sentido, o profissional não faz parte do oficialato, embora, ainda assim, ocupe um cargo de estreita importância para a força militar da Marinha.



Sua função e atuação foram criadas e regularizadas pelo Decreto nº 19.880, de 17 de abril de 1931, que, entre outros fatores, regulamenta que os "sub-oficiais devem apresentar fortes qualidades de mando, virtudes militares e conhecimentos profissionais".

A atuação do suboficial foi regulamentada por meio do Decreto nº 19.880. Confira na íntegra algumas de suas atribuições:

“art. 3º do mesmo regulamento estatue que os "sub-oficiais devem apresentar fortes qualidades de mando, virtudes militares e conhecimentos profissionais", e que, pelo art. 4º "serão com responsabilidade própria, os encarregados das incumbências pertencentes aos navios, corpos e estabelecimentos da Marinha, tendo sempre em vista as suas respectivas especialidades".

O suboficial atua em atividades militares ligadas à força da Marinha. Nesse sentido, assim como os demais profissionais da área, o suboficial pode atuar em operações, serviços de navegação, logística, entre outras atuações relacionadas.

De acordo com Marinha, o salário do suboficial é de R$ 6.169,00. Confira, também, mais informações sobre profissões militares relacionadas.

Por que ser um Suboficial da Marinha?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Suboficial da Marinha

    Como se tornar um Suboficial da Marinha?

    Para se tornar um suboficial, o profissional da Marinha deve antes passar por outras graduações anteriores, já que o nível de suboficial é a graduação mais elevada entre os praças. A palavra graduação faz referência ao nível hierárquico dos praças, já que o termo patente é reconhecido apenas entre os oficiais da Marinha.

    Nesse sentido, o primeiro passo é ingressar na Marinha por meio de concursos públicos de nível médio e técnico, como a Escola de Aprendizes Marinheiros (EAM), Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), Corpo Auxiliar de Praças (CAP) e Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA), além do  Serviço Militar Voluntário para Praças Temporárias (SMV-PR).

    Após o ingresso, o profissional irá ocupar o cargo de marinheiro, podendo, posteriormente, ser promovido à graduações superiores por merecimento ou tempo de serventia. Confira a ordem hierárquica em ordem crescente:

    • Marinheiro
    • Cabo
    • 3º Sargento
    • 2º Sargento
    • 1º Sargento
    • Suboficial

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Outras

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.