Informações

Despachante

O despachante é o profissional que lida com trâmites burocráticos junto a órgãos públicos

O que faz um despachante

O profissional responsável por fazer requerimentos, encaminhamentos e iniciar trâmites burocráticos junto a órgãos públicos é chamado de despachante. No Brasil, existem três tipos de despachantes: aduaneiro, documentalista e de trânsito.

O despachante aduaneiro é especializado no desembaraço de mercadorias nas alfândegas. Ele também é responsável por cuidar dos processos de importação e exportação das empresas e de toda a parte legal e administrativa dos produtos e mercadorias que entram e saem do país.

O despachante documentalista, apesar de sua atuação ser predominantemente junto aos órgãos de trânsito (Detran), agenciando documentos de veículos, é um despachante geral, com atividades em diferentes segmentos econômicos. Possui familiaridade com guias e formulários específicos para taxistas, motoristas de transporte escolar, veículos de carga e para órgãos como Ibama, prefeituras, Incra, Receita Federal, associações de classe e outros.

Já o despachante de trânsito é totalmente especializado em documentação de veículos e atua diretamente com o Detran. Entre suas atividades, estão a representação do cliente junto às entidades competentes; a solicitação, organização e monitoramento de diversos tipos de documentos, alvarás, licenças e laudos; inscrições, alterações e baixas em registros e cadastros; regularização de débitos e créditos; apuração e recolhimento de taxas e impostos; realização de vistorias e lacração de placas.

Como se tornar um despachante

Para cada tipo de despachante há um processo diferente, e para todos é necessário bastante conhecimento técnico para atuar com competência. Para se tornar um despachante aduaneiro, é preciso exercer a função de ajudante por pelo menos dois anos e realizar uma prova no final desse período. Também deve estar inscrito no Registro de Despachantes Aduaneiros ou no registro de Ajudantes de Despachantes Aduaneiros. Apesar de não ser obrigatório, o diploma em curso superior é um grande diferencial, especialmente na área de Comércio Exterior. Ter fluência em outros idiomas aumenta as chances de contratação.

Se a intenção é se tornar um despachante documentalista, o que inclui o de trânsito, o profissional deverá possuir formação de nível médio e se credenciar nos órgãos estaduais onde haja legislação específica para o exercício dessa função. Em alguns Conselhos Regionais são oferecidos cursos específicos para os diversos campos de atuação.

Quem deseja ser despachante de veículos também pode se inscrever no concurso de Detran e fazer os cursos oferecidos. Outra opção é filiar-se ao Sindicato dos Despachantes de Trânsito para obter apoio com os trâmites do negócio.

Áreas de atuação

O despachante pode trabalhar como autônomo ou em sociedade. Os documentalistas e de veículos atuam junto a órgãos públicos, especialmente o Detran. Já o despachante aduaneiro pode trabalhar em indústrias, empresas de importação e exportação, comissárias de despacho e em empresas de logística. O despachante pode atuar também como consultor.