Carnaval na boa é com bolsa! Garanta a sua antes que as ofertas acabem
Promoção termina em
23
dias
03
horas
00
min
00
Ver ofertas
Informações
Whatsapp
Envie para 0800 123 2222
E-mail
contato@querobolsa.com.br
Telefone
Ligue para 0800 940 0840
Horário especial de carnaval
Segunda e terça das 8h às 18h
Sábado das 9h às 13h
Como funciona?
Encontre seu curso
Faça sua pré-matrícula online
Economize até o fim do curso!

Vigilante

O vigilante pode se especializar em diversos segmentos para atuar na proteção pessoal ou patrimonial

O que faz um vigilante

O vigilante é um profissional responsável por zelar pela integridade física e/ou material de pessoas, empresas, eventos ou instituições. Ele pode atuar tanto no setor público quanto no privado e deve fazer curso profissionalizante para melhor atuar no segmento que desejar.

O vigilante pode atuar na segurança privada (como guarda-costas), escolta armada, transporte de valores, na segurança de grandes eventos, em bancos e instituições corporativas, como shoppings centers, edifícios residenciais e laborais, universidades e hospitais.

Existem também os vigilantes de personalidades, que atuam na proteção e na segurança pessoal de indivíduos como artistas, políticos, atletas, líderes religiosos e demais personalidades que necessitem de escolta.

Como se tornar um vigilante

Cabe ao profissional vigilante ter pelo menos 21 anos, estar em dia com suas obrigações militares e eleitorais e ter boa saúde física e mental, passando por avaliação médica e psicotécnica para ingressar no curso que o capacite para a área desejada.

O curso para vigilante ensina técnicas de defesa pessoal, aulas de tiro e armamento, direitos humanos, sistema de segurança pública e combate ao crime organizado, vigilância, noções de segurança eletrônica, gerenciamento de crises, prevenção e combate a incêndios, noções de primeiros socorros e relações humanas no trabalho. 

Ao aspirante a vigilante, são cobradas posturas de tranquilidade, cordialidade, empatia, respeito ao próximo e às diferenças, boa comunicação e equilíbrio para lidar com situações delicadas.

Áreas de atuação

A área de atuação do vigilante é abrangente, podendo estar sujeito à efetivação via concurso público, em casos de bancos, instituições públicas, sedes de governos e casas legislativas ou universidades, por exemplo.

O profissional também pode atuar no segmento privado, em empresas, condomínios residenciais, hotéis, edifícios corporativos e complexos empresariais, bancos privados, universidades privadas, casas noturnas e em eventos grandes, como festivais, shows e festas.

Há ainda a possibilidade de o vigilante trabalhar no segmento particular, cuidando da integridade física de pessoas que necessitem de escolta policial, como personalidades famosas ou não.