Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Quanto ganha um Advogado criminalista? Salário e carreira na área de Criminalística

Selecionamos informações sobre a profissão de Advogado criminalista, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.
Salário médio no Brasil Advogado criminalista R$ 4.152,34
Maior salário médio por estado Distrito Federal R$ 7.258,70
Maior salário médio por especialidade Advogado (Direito do Trabalho) R$ 11.023,82

Qual o salário de um Advogado criminalista?

O salário médio de um Advogado criminalista no Brasil é de R$ 4.152,34.
Os estados onde a profissão de Advogado criminalista têm os melhores salários são Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.

As especialidades com os melhores salários são Advogado (Direito do Trabalho), Advogado (Direito Penal) e Advogado (Areas Especiais).

Essas informações são baseadas nas 9264 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Advogado criminalista por especialidade
Especialidade Salário médio
Advogado (Direito do Trabalho) R$ 11.023,82
Advogado (Direito Penal) R$ 9.972,78
Advogado (Areas Especiais) R$ 9.542,59
Advogado (Direito Publico) R$ 9.001,79
Advogado (Direito Civil) R$ 8.470,39
Advogado de Empresa R$ 8.304,33
Consultor Juridico R$ 5.781,57
Advogado R$ 4.578,45
Estude Criminalística pagando menos!
As melhores ofertas para você começar a estudar pagando menos Ver bolsas de estudo

Como é a carreira de Advogado criminalista?

O trabalho de um advogado criminalista é multifacetado e envolve diversas etapas ao longo do processo judicial. Desde o momento em que é contratado até o desfecho do caso, esse profissional desempenha diversas funções para assegurar a defesa eficaz de seu cliente.


Primeiramente, o advogado criminalista pode ser consultado desde a fase de investigação, quando seu cliente é suspeito de um crime. Nesse estágio, ele atua para garantir que os direitos do acusado sejam respeitados durante o processo de investigação, verificando se todas as diligências policiais estão em conformidade com a lei.


Durante a coleta de evidências, o advogado analisa minuciosamente os elementos do caso, identificando falhas na acusação e buscando informações que possam fortalecer a defesa. Isso inclui a revisão de documentos, depoimentos de testemunhas e qualquer outra prova apresentada pela acusação.

Ao longo do processo judicial, o advogado criminalista formula estratégias de defesa sólidas, baseadas em argumentos legais e evidências recolhidas. Ele representa o cliente perante o tribunal, contesta as alegações da acusação, realiza interrogatórios de testemunhas e apresenta argumentos jurídicos em favor do réu.


Durante o julgamento, o advogado trabalha arduamente para refutar as evidências apresentadas pela acusação, utilizando recursos legais para questionar a validade das provas e buscar a absolvição do cliente. Caso seja necessário, ele também pode negociar acordos com o Ministério Público para obter penas mais brandas ou penas alternativas.


Além disso, o advogado criminalista atua em questões relacionadas à prisão e liberdade condicional, buscando garantir os direitos de seu cliente em todas as etapas do processo. Sua habilidade em interpretar a legislação vigente, sua capacidade de argumentação e sua experiência prática são fundamentais para proporcionar uma defesa efetiva.


Caso você tenha dúvidas se esse curso é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

O advogado criminalista desempenha um papel crucial no sistema legal, atuando na defesa dos interesses e direitos de indivíduos envolvidos em processos criminais. Seus objetivos na função abrangem diversos aspectos, visando garantir um julgamento justo e equitativo para seus clientes. Alguns dos principais objetivos incluem:

Defesa Efetiva: O advogado criminalista busca fornecer uma defesa robusta e eficaz ao seu cliente, utilizando todos os recursos legais disponíveis para proteger seus direitos e interesses.

Conhecimento da Legislação: Para atingir seus objetivos, é crucial que o advogado criminalista tenha um profundo conhecimento das leis criminais aplicáveis, procedimentos judiciais e jurisprudência relevante.

Proteção dos Direitos do Cliente: Garantir que os direitos constitucionais do cliente sejam respeitados é uma prioridade. Isso envolve assegurar a legalidade das provas apresentadas, garantir o direito ao devido processo legal e proteger contra qualquer forma de tratamento injusto.

Negociação e Acordos: Em alguns casos, o advogado criminalista pode buscar acordos que beneficiem seu cliente, como redução de pena ou penas alternativas, por meio de negociações com o Ministério Público ou outras partes envolvidas.

Investigação Adequada: Realizar investigações minuciosas para reunir evidências em favor do cliente, questionar a validade de provas apresentadas pela acusação e identificar quaisquer irregularidades no processo.

Preparação Estratégica: Desenvolver estratégias legais sólidas para apresentar argumentos persuasivos no tribunal, antecipando possíveis contrapartidas da acusação e respondendo de maneira eficaz a cada fase do processo.

Apoio ao Cliente: Além do aspecto legal, o advogado criminalista busca fornecer apoio emocional ao cliente, esclarecendo dúvidas, explicando o andamento do caso e ajudando a gerenciar o estresse associado ao processo criminal.

Advocacia Ética: Manter altos padrões éticos é essencial. O advogado criminalista deve garantir que sua atuação esteja em conformidade com os princípios éticos da profissão, respeitando o código de conduta e as normas éticas.

A carreira de advogado criminalista na prática é desafiadora e dinâmica, envolvendo uma série de atividades e responsabilidades específicas. Aqui estão alguns aspectos que caracterizam essa profissão:

Atendimento ao Cliente: O advogado criminalista inicia muitas vezes seu trabalho conhecendo o cliente, ouvindo sua versão dos eventos e coletando informações relevantes para construir uma defesa sólida. O atendimento compreende a compreensão profunda do caso e estabelecimento de uma relação de confiança com o cliente.

Pesquisa e Análise de Casos: A carreira exige uma extensa pesquisa legal e análise de casos. O advogado precisa estar atualizado com as leis criminais, decisões judiciais recentes e estratégias legais eficazes. A habilidade de interpretar e aplicar leis complexas é crucial.

Investigação: Em muitos casos, os advogados criminalistas conduzem investigações independentes para reunir evidências favoráveis ao cliente. Isso pode envolver entrevistas, análise de documentos, consulta a especialistas e colaboração com investigadores privados, se necessário.

Elaboração de Estratégias de Defesa: Com base nas informações coletadas, o advogado formula estratégias de defesa. Isso inclui a preparação para audiências, julgamentos e possíveis negociações de acordos com a acusação.

Comparecimento em Tribunais: Advogados criminalistas frequentemente representam seus clientes em audiências e julgamentos. Eles apresentam argumentos legais, interrogam testemunhas, contestam evidências e defendem vigorosamente os interesses de seus clientes perante o tribunal.

Negociações com a Acusação: Em alguns casos, o advogado criminalista pode buscar acordos com o Ministério Público ou procuradoria, visando obter termos mais favoráveis para seu cliente. Isso pode incluir a redução de penas ou a aplicação de penas alternativas.

Gestão de Prazos e Documentação: A carreira demanda uma gestão eficiente de prazos legais e a manutenção de uma documentação precisa. A elaboração de petições, recursos e outros documentos legais é uma parte essencial do trabalho.

Atualização Profissional: Dada a constante evolução das leis, o advogado criminalista precisa se manter atualizado sobre as mudanças legislativas e jurisprudenciais, participando de cursos de atualização e eventos da área.

Ética Profissional: A ética é um componente fundamental da prática do advogado criminalista. Manter a confidencialidade, agir com integridade e seguir os princípios éticos da profissão são imperativos para construir uma reputação sólida.

Resiliência e Empatia: Dada a natureza muitas vezes intensa e emocional dos casos criminais, a resiliência emocional e a empatia são características importantes para lidar tanto com as demandas profissionais quanto com as necessidades emocionais dos clientes.

Para se tornar um advogado criminalista, é necessário seguir uma trajetória educacional e adquirir experiência prática. Aqui estão os passos típicos e as qualificações exigidas pelo mercado:

Graduação em Direito: O primeiro passo é obter um diploma de bacharel em Direito, que normalmente tem uma duração de cinco anos. Durante o curso, os estudantes adquirem conhecimentos fundamentais sobre leis, processos judiciais, teoria legal e ética.

Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB): Após a conclusão da graduação, os graduados em Direito no Brasil precisam ser aprovados no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para obter a habilitação legal para exercer a advocacia.

Especialização em Direito Penal: Aqueles que desejam se tornar advogados criminalistas frequentemente buscam especializações em Direito Penal durante a graduação ou após a obtenção do diploma. Essa especialização proporciona um aprofundamento nas leis criminais, procedimentos judiciais e técnicas de defesa.

Estágio Supervisionado: A maioria dos cursos de Direito exige a realização de estágios supervisionados para proporcionar aos estudantes experiência prática no ambiente jurídico. Essa experiência é crucial para entender o funcionamento prático do sistema legal.

Pós-Graduação (Opcional): Alguns advogados optam por realizar cursos de pós-graduação, como mestrado ou doutorado em Direito Penal. Essa formação adicional pode destacar o profissional no mercado e oferecer conhecimentos mais avançados na área.

Experiência Prática: A experiência prática é fundamental para um advogado criminalista. Muitos profissionais iniciam suas carreiras trabalhando como assistentes jurídicos, estagiários ou associados em escritórios de advocacia especializados em Direito Penal.

Participação em Audiências e Julgamentos: Ganhar experiência participando de audiências, julgamentos e procedimentos legais relacionados a casos criminais é essencial. Isso proporciona ao advogado a oportunidade de desenvolver habilidades práticas e compreender as nuances do sistema judicial.

Atualização Constante: Dada a natureza em constante evolução do Direito, é crucial que advogados criminalistas se mantenham atualizados com as mudanças legislativas, decisões judiciais recentes e novas práticas jurídicas. Participar de cursos de atualização e eventos da área é uma prática comum.

Ver mais sobre essa carreira

A Quero Bolsa te ajuda a encontrar sua faculdade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!
Ilustração de uma pessoa com uma coroa na cabeça
  • Você encontra sua vaga e faz a pré-matrícula na hora
  • O desconto da Quero Bolsa é valido até o fim do curso
  • Bolsa garantida ou seu dinheiro de volta