Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Engenharia Aeroespacial

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia Aeroespacial e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Engenharia Aeroespacial no notebook
Duração: até 5 anos (10 semestres)
Ver bolsas

Sobre o curso de Engenharia Aeroespacial

No curso de Engenharia Aeroespacial, os alunos desenvolvem profundos conhecimentos em aeronáutica, ciência espacial e tecnologia de voo. É um campo de estudo complexo que abrange desde a ciência dos materiais até a mecânica dos voos, incluindo também processos de fabricação e controle de qualidade.

Os engenheiros aeroespaciais desenvolvem e aprimoram sistemas de voo, como foguetes, aviões, aeronaves, veículos de lançamento e sistemas de controle de voo. Eles também trabalham em projetos de estruturas para os veículos de voo, incluindo a análise de materiais, estabilidade estrutural, sistemas de propulsão, motores e equipamentos de controle.

Além disso, os engenheiros aeroespaciais também são responsáveis por trabalhar em projetos de comunicação e de navegação em voo. Isso inclui projetar sistemas de rádio, equipamentos de telemetria, sistemas de navegação e controle de voo.

Os programas de Engenharia Aeroespacial geralmente incluem disciplinas de ciências básicas, como matemática, física e química, bem como disciplinas avançadas, como aerodinâmica, mecânica dos voos, sistemas de controle de voo e engenharia de materiais. Além disso, o curso também abordará assuntos relacionados ao design, produção, manutenção e operação de veículos de voo.

Portanto, o curso de Engenharia Aeroespacial pode ser considerado como uma ótima opção para aqueles que desejam adquirir conhecimento técnico sobre veículos aéreos, e trabalhar com projetos de voo e navegação.

É um curso que oferece aos alunos oportunidades únicas para desenvolver habilidades e competências profissionais, bem como conhecimento técnico para trabalhar com veículos de voo.

Caso você tenha dúvidas se esse curso é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

O tipo de formação para o curso de Engenharia Aeroespacial é: pós-graduação .

Como é o curso de Engenharia Aeroespacial?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Engenharia Aeroespacial segue as normas gerais do curso de Engenharia.

Todo curso de Engenharia, independente de sua modalidade, deve possuir em sua grade curricular um núcleo de conteúdos básicos, um núcleo de conteúdos profissionalizantes e um núcleo de conteúdos específicos que caracterizem a modalidade.

O núcleo de conteúdos básicos, que corresponde a cerca de 30% da carga horária mínima, contém as seguintes disciplinas:

  • Metodologia Científica e Tecnológica;

  • Comunicação e Expressão;

  • Informática;

  • Expressão Gráfica;

  • Matemática;

  • Física;

  • Fenômenos de Transporte;

  • Mecânica dos Sólidos;

  • Eletricidade Aplicada;

  • Química;

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;

  • Administração;

  • Economia;

  • Ciências do Ambiente;

  • Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania.

Para as disciplinas de Física, Química e Informática são obrigatórias atividades de laboratório.

O núcleo de conteúdos profissionalizantes corresponde a cerca de 15% da carga horária mínima do curso e deve ser definido pela instituição de ensino, de acordo com as indicações das diretrizes do MEC.

Já o núcleo de conteúdos específicos é formado por extensões e aprofundamentos dos conteúdos do núcleo anterior, bem como de outros conteúdos específicos, que devem ser propostos pela instituição de ensino.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) avalia o curso de Engenharia Aeroespacial considerando, além das disciplinas do núcleo de conteúdos básicos, as seguintes disciplinas profissionalizantes e específicas:

  • Ciência dos Materiais;

  • Controle de Sistemas Dinâmicos;

  • Engenharia do Produto;

  • Ergonomia e Segurança do Trabalho;

  • Fenômenos de Transporte;

  • Instrumentação;

  • Máquinas de Fluxo;

  • Materiais de Construção Mecânica;

  • Mecânica Aplicada;

  • Mecânica dos Sólidos;

  • Métodos Numéricos;

  • Modelagem;

  • Análise e Simulação de Sistemas;

  • Processos de Fabricação;

  • Qualidade;

  • Sistemas Mecânicos;

  • Sistemas Térmicos;

  • Tecnologia Mecânica;

  • Termodinâmica Aplicada.

Qual a grade curricular de Engenharia Aeroespacial?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Engenharia Aeroespacial em uma de nossas faculdades parceiras:

    Ver a grade curricular

    O que se aprende na faculdade de Engenharia Aeroespacial?

    O curso de Engenharia Aeroespacial é extremamente abrangente, abordando diversos aspectos da área de Engenharia, tais como Ciência dos Materiais, Sistemas de Propulsão, Sistemas Estruturais e Aerodinâmica.

    Durante o curso, os alunos aprendem sobre os fundamentos da engenharia aeronáutica, incluindo suas aplicações modernas, assim como os princípios e técnicas de projeto de aeronaves.

    Os alunos também aprendem sobre materiais e processos de fabricação utilizados para a construção de aeronaves, além de sistemas de propulsão, estrutura e aerodinâmica.

    Os graduandos também são ensinados sobre as novas tecnologias aplicadas à engenharia aeroespacial, como computação e simulação, inteligência artificial, robótica, sensores e veículos aéreos não tripulados. Essas tecnologias permitem que os alunos desenvolvam projetos inovadores para a exploração e o desenvolvimento de novas fontes de energia, assim como novas formas de transporte aéreo.

    O curso também enfatiza os aspectos de segurança e confiabilidade necessários para a construção de aeronaves, bem como a certificação de aeronaves. Além disso, os alunos são ensinados como aplicar os conhecimentos adquiridos no curso para a construção de aeronaves de pequeno porte.

    Por fim, o curso de Engenharia Aeroespacial prepara os alunos para enfrentar os desafios do futuro, ensinando-os a trabalhar em conjunto com outros profissionais para desenvolver e implementar soluções criativas para problemas complexos.

    Ao longo do curso, os alunos são preparados para se tornarem profissionais altamente qualificados e capazes de contribuir para o progresso da engenharia aeroespacial.

    Procure o curso de Engenharia Aeroespacial ideal para você!

    Escolha entre as mais de mil instituições parceiras do Quero Bolsa.

    Veja como é simples começar a estudar

    1. Encontre seu curso
    2. Garanta sua bolsa
    3. Economize até se formar

    Sobre a carreira de Engenharia Aeroespacial

    O que faz o profissional de Engenharia Aeroespacial?

    O engenheiro aeroespacial projeta sistemas e conjuntos mecânicos, componentes, ferramentas e materiais, especificando limites de referência para cálculo, calculando e desenhando.

    Este profissional também implementa atividades de manutenção, testa sistemas, conjuntos mecânicos, componentes e ferramentas, além de desenvolver atividades de fabricação de produtos e elaborar documentação técnica.

    Pode, ainda, coordenar e assessorar atividades técnicas.

    Onde o profissional de Engenharia Aeroespacial pode trabalhar?

    O engenheiro aeroespacial trabalha em uma variedade de campos, incluindo a produção de aviões, foguetes, satélites e outras naves espaciais. Estes profissionais usam sua experiência para projetar, construir, testar e operar equipamentos aeroespaciais.

    O profissional também desempenha um papel fundamental na pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias. Eles trabalham em laboratórios para criar e testar novos materiais, sistemas e propulsão. Além disso, eles desenvolvem computadores para controlar o voo dos veículos, computadores de bordo para os satélites e aviões de longo alcance.

    Além de trabalhar em laboratórios, os engenheiros aeroespaciais também estão envolvidos em várias fases do processo de fabricação de um produto aeroespacial. Eles podem ser encarregados de supervisionar a construção de uma nave espacial, supervisionar a montagem de partes e componentes, testar peças e equipamentos e supervisionar a instalação e manutenção de sistemas.

    Os engenheiros aeroespaciais também trabalham em empresas de fabricação de aeronaves, fornecedores de peças de aviões e empresas de serviços de manutenção de aviões.

    Eles também são contratados por governos e agências militares para desenvolver novos veículos espaciais e sistemas de defesa. Além disso, eles podem trabalhar em empresas de tecnologia de ponta para desenvolver melhorias e novas tecnologias para veículos aeroespaciais.

    Caso você tenha dúvidas sobre o curso de Engenharia Aeroespacial ou profissões nesta área, faça o seu questionamento na Comunidade Quero. A Comunidade Quero é um ambiente para troca de conhecimento, onde você pode tirar suas dúvidas e ajudar outros integrantes da Comunidade com as dúvidas sobre o curso.

    Sino de ofertas
    Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

    Como ingressar na profissão de Engenharia Aeroespacial?

    Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Engenharia Aeroespacial?

    O exercício das atividades do profissional em Engenharia Aeroespacial requer formação em curso superior reconhecido pelo MEC e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

    O mercado de trabalho para engenheiros aeroespaciais é extremamente competitivo. Com a crescente demanda por voos espaciais, as exigências para que os engenheiros aeroespaciais trabalhem nesta área são cada vez mais altas. Um dos requisitos principais para se tornar um engenheiro aeroespacial é ter um diploma de engenharia.

    Os engenheiros aeroespaciais precisam ter um extenso conhecimento em física, matemática, ciência da computação, aerodinâmica e engenharia mecânica. Muitos programas de engenharia oferecem cursos específicos relacionados à engenharia aeroespacial. Além disso, é necessário ter experiência prática na área.

    O engenheiro aeroespacial precisa ter um conhecimento aprofundado de projetos, processos e sistemas aeroespaciais. Essa experiência pode ser adquirida trabalhando como estagiário, participando de programas de pesquisa ou trabalhando em projetos de engenharia relacionados à área.

    Também é importante que os engenheiros aeroespaciais estejam atualizados com as últimas tecnologias. É necessário que eles estejam sempre atentos às novidades e possam aplicar essas tecnologias para o desenvolvimento de novos produtos.

    Além disso, os engenheiros aeroespaciais precisam ter boas habilidades interpessoais, pois passam grande parte do tempo trabalhando em equipe. Eles também devem ser capazes de trabalhar de forma independente e serem criativos para solucionar problemas.

    Para ter sucesso como engenheiro aeroespacial, é necessário um comprometimento com qualidade, segurança, confiabilidade e inovação. Esta é uma área em que os engenheiros aeroespaciais precisam estar sempre prontos para o desafio.

    Veja também: O Guia de Profissões da Quero Bolsa! São mais de 370 páginas sobre as diversas possibilidades profissionais do mercado de trabalho. Sobre a área, você poderá conferir detalhes sobre as profissões de: engenheiro aeroespacial, engenheiro aeronáutico, piloto de avião e outras profissões.

    Quais são as principais competências pessoais do profissional de Engenharia Aeroespacial?

    As principais características do profissional de Engenharia Aeroespacial, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

    Raciocínio analítico;
    Raciocínio lógico;
    Orientação espacial;
    Atenção difusa;
    Capacidade retórica;
    Capacidade de negociação;
    Trabalhar em equipe;
    Capacidade de liderança;
    Contornar situações adversas;
    Administrar conflitos;
    Usar equipamentos de proteção individual (EPI).

    Nota de corte para Engenharia Aeroespacial

    Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

    Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

    No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Engenharia Aeroespacial foram:

    Balões de Conversa - Dúvidas sobre Engenharia Aeroespacial
    Está com dúvidas sobre Engenharia Aeroespacial? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

    Perguntas e Respostas - Engenharia Aeroespacial

    Tipo de Pergunta
    Recentes