Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Quanto ganha um Físico? Salário e carreira na área de Física

Selecionamos informações sobre a profissão de Físico, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.
Salário médio no Brasil Físico R$ 13.135,77
Maior salário médio por estado Rio de Janeiro R$ 24.234,07
Maior salário médio por especialidade Fisico (Nuclear e Reatores) R$ 18.911,23

Qual o salário de um Físico?

O salário médio de um Físico no Brasil é de R$ 13.135,77.
As especialidades com os melhores salários são Fisico, Fisico (Medicina) e Fisico (Nuclear e Reatores).

Essas informações são baseadas nas 126 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Físico por especialidade
Especialidade Salário médio
Fisico R$ 15.999,41
Fisico (Medicina) R$ 15.031,85
Fisico (Nuclear e Reatores) R$ 12.455,60
Estude Física pagando menos!
As melhores ofertas para você começar a estudar pagando menos Ver bolsas de estudo

Como é a carreira de Físico?

Os objetivos na função de Físico são amplamente variados e dependem da especialização e do contexto em que o profissional atua. De maneira geral, um dos principais objetivos é entender os princípios fundamentais que governam o comportamento do universo, desde as partículas subatômicas até as galáxias.

Isso envolve a formulação e teste de teorias científicas, a realização de experimentos e a análise de dados. Físicos aplicam seus conhecimentos para desenvolver novas tecnologias, resolver problemas práticos e contribuir para a inovação científica. Além disso, muitos físicos trabalham na educação, ensinando e inspirando a próxima geração de cientistas.

Em áreas aplicadas, os físicos podem trabalhar em colaboração com engenheiros, médicos e outros profissionais para desenvolver soluções em campos como a energia, a medicina e a comunicação. Portanto, os objetivos de um Físico incluem tanto a expansão do conhecimento científico quanto a aplicação desse conhecimento para benefício da sociedade.

Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional grátis da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

A carreira de Físico na prática é diversificada e pode seguir diferentes caminhos, dependendo da área de especialização e do setor em que o profissional atua. Inicialmente, muitos físicos começam sua carreira com um foco acadêmico, obtendo diplomas de bacharelado, mestrado e doutorado. Durante esses anos de formação, eles se envolvem em pesquisa, participam de projetos e publicam artigos científicos. Aqueles que optam pela carreira acadêmica continuam em universidades e instituições de pesquisa, onde lecionam, orientam estudantes e desenvolvem pesquisas inovadoras.

Físicos que preferem o setor industrial ou governamental podem trabalhar em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, contribuindo para a inovação tecnológica em empresas de alta tecnologia, indústrias, centros de saúde e agências governamentais. Eles aplicam os princípios da física para desenvolver novos materiais, produtos e tecnologias, além de melhorar processos existentes.

Alguns físicos se especializam em áreas aplicadas, como física médica, engenharia nuclear e meteorologia, onde trabalham em estreita colaboração com outros profissionais para resolver problemas específicos e desenvolver soluções práticas. Outros atuam como consultores ou analistas de dados, utilizando suas habilidades quantitativas e analíticas para resolver problemas complexos em setores como finanças, tecnologia da informação e meio ambiente.

Além disso, a carreira de físico pode incluir oportunidades de trabalho em organizações internacionais, laboratórios nacionais e institutos de pesquisa de renome mundial, onde participam de projetos colaborativos e contribuem para grandes descobertas científicas.

No dia a dia, a prática envolve uma combinação de pesquisa teórica, experimentação, análise de dados e aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, com o objetivo de expandir as fronteiras do conhecimento humano e desenvolver inovações que beneficiem a sociedade.

A formação e a experiência exigidas pelo mercado brasileiro para um físico geralmente começam com a obtenção de um diploma de bacharelado em Física, que fornece uma base sólida nos princípios fundamentais da disciplina, incluindo mecânica clássica, eletromagnetismo, termodinâmica e mecânica quântica. Durante o curso, os estudantes também adquirem habilidades práticas em laboratórios e desenvolvem competências em matemática avançada e técnicas computacionais.

Após a graduação, muitos físicos optam por continuar seus estudos em programas de pós-graduação, como mestrado e doutorado. Esses programas permitem que os estudantes se especializem em áreas específicas da física, como física teórica, física experimental, física aplicada ou astrofísica. Durante o mestrado e doutorado, os físicos realizam pesquisas originais, participam de conferências científicas e publicam seus trabalhos em revistas especializadas.

Além da formação acadêmica, o mercado brasileiro valoriza a experiência prática adquirida por meio de estágios, trabalhos de pesquisa e colaborações com empresas e instituições de pesquisa. Físicos que possuem experiência em técnicas avançadas de experimentação, análise de dados e uso de software científico têm uma vantagem competitiva no mercado de trabalho.

Habilidades adicionais, como proficiência em idiomas estrangeiros (particularmente o inglês, que é a língua predominante nas publicações científicas) e competências em comunicação e trabalho em equipe, também são altamente valorizadas. A capacidade de resolver problemas complexos, pensar de forma crítica e inovar são qualidades essenciais para um físico.

Por fim, a formação contínua e a atualização constante sobre as novas descobertas e avanços tecnológicos são cruciais, uma vez que a física é uma área em constante evolução. A participação em cursos de aperfeiçoamento, workshops e seminários é frequentemente necessária para manter-se atualizado e competitivo no mercado brasileiro.

Ver mais sobre essa carreira

A Quero Bolsa te ajuda a encontrar sua faculdade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!
Ilustração de uma pessoa com uma coroa na cabeça
  • Você encontra sua vaga e faz a pré-matrícula na hora
  • O desconto da Quero Bolsa é valido até o fim do curso
  • Bolsa garantida ou seu dinheiro de volta