Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Abiogênese e Biogênese

William Mira
Publicado por William Mira
Última atualização: 10/9/2018

Introdução

A origem da vida no planeta é assunto de interesse científico desde os primórdios de sua existência. A Terra surgiu há aproximadamente 4,5 bilhões de anos, sendo a teoria mais defendida atualmente a do Big Bang.

Após a grande explosão, o planeta era uma massa incandescente que passou por resfriamento após inúmeras tempestades. É especulado que o primeiro ser vivo, após o resfriamento do planeta, tenha surgido há aproximadamente 3,8 bilhões de anos.

Estudos para tentar explicar a origem da vida no planeta necessitam de um campo interdisciplinar envolvendo, além da Biologia, conceitos químicos, físicos e até geológicos.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Abiogênese

Os primeiros estudos acerca da origem da vida ocorreram ainda no período clássico. Aristóteles propôs que a vida surgia espontaneamente de qualquer matéria orgânica existente.

Para o filósofo, as folhas das árvores que caíam nos rios transformavam-se em cisnes; a carne podre deixada ao relento gerava larvas e girinos; e sapos surgiam espontaneamente em poças de água ou do lodo presente em pequenos lagos. Essa teoria em que a vida surgia espontaneamente ficou conhecida tanto como “Teoria da Geração Espontânea”, como Abiogênese.

Além de Aristóteles, Descartes e, posteriormente, Isaac Newton também eram adeptos dessa teoria. Eles acreditavam que todo indivíduo era dotado de um “princípiovital” ou “princípio ativo”. Este princípio era encontrado no ambiente ou em qualquer matéria orgânica e esse princípio era fundamental para sua existência.

Apesar de muitos adeptos, outros pesquisadores não concordavam com a teoria e, a partir do século XVII, alguns cientistas tentaram comprovar com procedimentos específicos a veracidade da Abiogênese. Entre os experimentos, dois se destacaram: O experimento realizado por Francesco Redi e o experimento realizado por Louis Pasteur.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Experimento de Redi

Francesco Redi era um cientista italiano que buscou testar se a teoria da Abiogênese era de fato válida. Para isso, ele tentou comprovar uma das hipóteses dada por Aristóteles: A de que vermes surgiam espontaneamente na carne deixada no ambiente.

Redi utilizou-se de frascos de vidro em que ele colocou carne crua ou restos de animais mortos. Alguns vidros ele vedou com gaze e outros ele deixou aberto. Ele observou nos vidros abertos que as moscas presentes no ambiente pousavam sobre a carne e, posteriormente, surgiam as larvas.

Nos vidros vedados as moscas eram impedidas de pousar sobre a carne e as larvas não apareciam. Redi concluiu que, ao pousar na carne, as moscas depositam seus ovos de onde surgem as larvas, comprovando que a vida só se origina de outra pré-existente e refutando a "teoria da geração espontânea” que começou a perder credibilidade.

Experimento de Redi em que vidros abertos contendo matéria orgânica em decomposição atraem moscas que depositam seus ovos sobre a matéria, o que acarretava a presença de larvas após a eclosão dos ovos. Em vidros fechados não apareciam as larvas, pois as moscas não tinham contato com a matéria decomposta, comprovando assim que a vida não surge espontaneamente.Experimento de Redi, por Douglas Senna

Experimento de Pasteur

Em 1745, o cientista John Needhan, adepto da teoria da abiogênese, inferiu que fervendo caldos nutritivos destruía o "princípio vital" existente no meio, impossibilitando a geração de vida espontânea posteriormente.

Pasteur refutou completamente a teoria da Abiogênese no século XIX. O cientista utilizou caldos nutritivos e os depositou em uma garrafa específica chamada “Balão do tipo Pescoço de Cisne”.

Ao ferver o caldo, o pescoço do balão era retirado. Posteriormente, notava-se o aparecimento dos micro-organismos no caldo. Ao repetir o experimento sem a retirada do “pescoço de Cisne”, os micro-organismos não apareciam.

Pasteur concluiu que os micro-organismos que surgiam no caldo eram provenientes do próprio ar que entrou em contato com o caldo depois da retirada do pescoço de cisne. Pasteur não só refutou a teoria da Abiogênese, como ainda comprovou que não havia "princípio vital" responsável por gerar vida espontaneamente presentes em matérias orgânicas.

Experimento de Pasteur.Experimento de Pasteur.

Dessa forma, ficou comprovado que a vida não surge espontaneamente, mas sempre é descendente de uma vida anterior.

Biogênese

Após a queda da teoria da geração espontânea, outra teoria ganhou mais adeptos. Ela ficou conhecida como Teoria da Biogênese e admitia, com comprovações experimentais, que a vida surgia através de outra pré-existente.

Ou seja, um indivíduo só era gerado a partir de outro indivíduo anterior. Essa teoria, que é aceita inclusive atualmente, ajuda no entendimento de diversos temas dentro da biologia como genética e evolucionismo, por mais que ainda não explique como surgiu o primeiro ser vivo no planeta.

Atualmente, se aceita que o primeiro indivíduo foi formado ao acaso através da formação de aminoácidos submetidos às condições extremas da atmosfera e da crosta terrestre primitiva.

Esses aminoácidos se ligaram, formando as primeiras proteínas, que então se organizaram em um meio nutritivo, como uma “sopa orgânica”.

Esse aglomerado protéico começou a realizar processos metabólicos e em algum momento da história surgiu o material genético, provavelmente por um processo semelhante a formação dos primeiros aminoácidos.

Com isso, teria surgido o primeiro organismo. Um ser primitivo, unicelular, procarioto e que realizava quimiossíntese e fermentação. Desse organismo primitivo teriam descendido todos os demais organismos, extintos ou não, inclusive o homem.


Exercícios

Exercício 1
(UFU/MG)

Receita de Jean Baptiste van Helmont, séc. XVII: Colocar uma camisa suja de suor e um pouco de germe de trigo em um canto escuro e sossegado. O suor funciona como “princípio ativo” e dentro de 21 dias, a partir da camisa e do trigo, nascerão vários camundongos. O texto acima exemplifica:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Método Científico
Método Científico
LITERATURA
Naturalismo
Naturalismo