Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Ortografia

Bianca Ferraz
Publicado por Bianca Ferraz
Última atualização: 30/8/2018

Introdução

A ortografia diz respeito ao modo de escrever as palavras. A ortografia se vale, portanto, de letras e, consequentemente, do alfabeto da língua a qual se refere.

Em uma língua, há palavras que, devido à fonética, ou seja, à maneira como os sons se constituem e são registrados na escrita, a ortografia pode variar e não seguir exatamente o som que aparece no termo desejado. É o caso da palavra exame, por exemplo. Embora o som seja de “z”, escreve-se com “x”

Além desses casos, há aquelas palavras que apresentam semelhança muito grande com outro vocábulo da língua, embora os dois termos possam apresentar significados completamente diferentes.

A seguir, veja alguns desses casos e o modo como diferenciá-los.

Acerca de/ Cerca de/ A cerca de/ Há cerca de:

·         Acerca de: sobre, a respeito de.

·         Cerca de: durante, aproximadamente.

·         A cerca de: ideia de distância.

·         Há cerca de: existe aproximadamente, aproximadamente no passado.

Afim/ A fim de

·         Afim: indica semelhança, afinidade.

·         A fim de: com o objetivo de, com o intuito de.

Em vez de/ Ao invés de

·         Em vez de: em lugar de.

·         Ao invés de: ao contrário de.

Se não/ Senão

·         Se não:

1.    “Se” como conjunção integrante: Perguntei se não iria à aula.

2.    “Se” como conjunção condicional: Falarei se não entregarem a tarefa.

3.    “Se” como pronome apassivador: Há coisas que se não dizem.

4.    “Se” como índice de indeterminação do sujeito: Pessoas que não se conhece.

·         Senão:

1.    Preposição com o sentido de “exceto”, “salvo”, “a não ser”: João jamais amou outra mulher, senão Lívia.

2.    Conjunção alternativa, no sentido de “de outro modo”, “do contrário”: Tomara que faça sol, senão a festa será um fracasso.

3.    Conjunção aditiva, podendo ser substituído por “(não apenas...) mas também”: Ela não era só uma boa aluna, senão uma ótima atleta.

4.    Conjunção adversativa, equivalendo a “mas”, “porém”: Não brigou com ele por birra, senão por preocupação.

5.    Substantivo, com o sentido de “falha”, “defeito”: Maria tinha apenas um senão: era fofoqueira.

Aonde/Onde

·         Aonde: indica ideia de movimento. Seu emprego se dá, portanto, com verbos que denotam movimento. Exemplo: Aonde você vai?

·         Onde: indica o lugar em que se está ou em que se passa algum fato. É empregado, em geral, com verbos que indicam estado ou permanência. Exemplo: Onde você mora?

Há/A

·         Há: conjugação do verbo haver que indica tempo passado, podendo ser substituído por “faz”. Exemplo: As provas ocorreram há três meses.

Observações:

1.    Quando for utilizada a forma verbal “havia”, o equivalente é “fazia”: Havia três anos que estavam casados.

2.    Ao utilizar “há”, não é necessário utilizar, conjuntamente, “atrás”, pois trata-se de um pleonasmo, já que a forma do verbo haver já indica passado: Há cinco anos, estive em Barcelona. OU... Cinco anos atrás, estive em Barcelona.

·         A: expressa distância ou tempo futuro. Exemplo: Minha casa fica a três quarteirões do banco.

Mal/Mau

·         Mau: é um adjetivo que significa “ruim” ou “de má qualidade”. Seu antônimo é bom e apresenta forma feminina (má), por se tratar de um adjetivo e, portanto, ser variável. Exemplo: Pedro nunca foi um mau aluno.

·         Mal:

1.    Como advérbio, significa “erradamente”, “irregularmente”. Exemplo: A seleção brasileira jogou mal.

2.    Como conjunção temporal, equivale a “quando”, “no momento em que”. Exemplo: Mal chegou, deitou-se no sofá.

3.    Como substantivo, acompanhado de um determinante, que pode ser tanto artigo como pronome. Exemplo: Este é um mal necessário.

Emprego dos porquês

·         Por que

1.    Em orações interrogativas. Pode ser substituído por “por qual motivo”. Exemplo: Por que você faltou à aula ontem?

2.    Preposição e pronome relativo, podendo ser substituído por “pelo qual”. Exemplo: O bairro por que passamos é bastante violento.

·         Por quê

Usado em final de frase e seguido de pontuação. Exemplo: - Não sei por quê!

·         Porque

1.    Conjunção que indica explicação ou causa, equivalente a “pois”, “uma vez que”. Exemplo: Chegou atrasada porque perdeu o ônibus.

2.    Conjunção indicando finalidade. Possui como equivalente a expressão “a fim de”. Exemplo: Não julgues porque não te julguem.

·         Porquê

Substantivo. Aparece acompanhado de artigo ou pronome, que atuam como determinantes. Pode ser substituído por “motivo”. Exemplo: Não é fácil entender o porquê de sua atitude.


Exercícios

Exercício 1
(IFSC/2011)

Assinale a alternativa na qual está correta a grafia de todas as palavras.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

PORTUGUÊS
Acentuação Gráfica
Acentuação Gráfica
PORTUGUÊS
Adjetivos
Adjetivos
PORTUGUÊS
Advérbios
Advérbios
PORTUGUÊS
Agente da Passiva
Agente da Passiva
PORTUGUÊS
Aposto
Aposto
PORTUGUÊS
Artigo
Artigo
PORTUGUÊS
Classes Gramaticais
Classes Gramaticais
PORTUGUÊS
Colocação Pronominal
Colocação Pronominal
PORTUGUÊS
Complemento Nominal
Complemento Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Nominal
Concordância Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Verbal
Concordância Verbal
PORTUGUÊS
Conjunção
Conjunção
PORTUGUÊS
Crase
Crase
PORTUGUÊS
Interjeição
Interjeição
PORTUGUÊS
Numeral
Numeral
PORTUGUÊS
Objeto Direto
Objeto Direto
PORTUGUÊS
Objeto Indireto
Objeto Indireto
PORTUGUÊS
Orações Coordenadas
Orações Coordenadas
PORTUGUÊS
Oração Subordinada Substantiva
Oração Subordinada Substantiva
PORTUGUÊS
Predicativo do Sujeito e do Objeto
Predicativo do Sujeito e do Objeto
PORTUGUÊS
Pretérito Imperfeito
Pretérito Imperfeito
PORTUGUÊS
Pronomes
Pronomes
PORTUGUÊS
Pronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
PORTUGUÊS
Regência Nominal
Regência Nominal
PORTUGUÊS
Regência Verbal
Regência Verbal
PORTUGUÊS
Sinais de Pontuação
Sinais de Pontuação
PORTUGUÊS
Substantivo
Substantivo
PORTUGUÊS
Verbo Ser
Verbo Ser
PORTUGUÊS
Vocativo
Vocativo
PORTUGUÊS
Vozes Verbais
Vozes Verbais