Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

Quais são os cursos técnicos mais rápidos?

*Texto escrito pelo colaborador Lucas Bicudo

O mercado, ainda em recuperação e em fase de mudança constante pelas novas tecnologias, exige cada vez mais profissionais qualificados. Para acelerar a entrada no mercado de trabalho ou conseguir uma recolocação profissional de forma ágil, os cursos técnicos, de tiros mais rápidos, são uma ótima opção. 

ampulheta

Essa opção é válida tanto para quem acabou de sair do ensino médio e está procurando o primeiro emprego, quanto para quem está buscando novas oportunidades ou uma mudança na carreira.

O último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referente aos cursos técnicos no Brasil teve suas informações coletadas em 2014 e divulgadas em 2017. Nesse período, segundo a pesquisa, mais de 40 milhões de pessoas tinham interesse em fazer cursos de qualificação profissional. 

Veja também: 
+Os 10 melhores cursos técnicos em 2020
+Quais são os cursos técnicos mais procurados da atualidade?

O mercado de trabalho e os cursos técnicos

Grandes empresas mudaram suas exigências ao analisar um candidato através do seu currículo. Hoje, há uma busca maior pelas habilidades e experiências que um profissional possui ao invés de um diploma universitário, por exemplo.

Gigantes como Apple, Google e IBM declaram que o diploma universitário já não é mais uma exigência no momento da contratação de novos talentos. Os candidatos às vagas precisam possuir habilidades exigidas para o cargo almejado e, muitas vezes, essa bagagem foi alcançada através de cursos técnicos. Não existe mais muita distinção.

Isso porque sua característica principal é preparar o aluno para pôr a mão na massa.

Veja também:
+Saiba quais são os 5 cursos técnicos que mais empregam
+9 cursos técnicos que têm os maiores salários
+Como incluir o curso técnico em seu currículo?

Tipos de curso técnico

Os cursos técnicos estão em um nível entre o Ensino Médio e o Ensino Superior. Eles podem ser feitos após o Ensino Médio ou substituir essa etapa, integrando as disciplinas práticas com as matérias regulares em um só curso.

Essas diferenciações colocam os cursos técnicos em três categorias básicas:

  • Curso Técnico Integrado: substitui parcialmente o Ensino Médio e pode ser iniciado logo após o aluno finalizar o Ensino Fundamental. Ao concluir um curso técnico integrado, o estudante recebe o certificado de conclusão do ensino médio e o certificado de conclusão do curso técnico escolhido.


  • Curso Técnico Externo: acontece separado do Ensino Médio, feito em paralelo. Para iniciá-lo, o primeiro ano do Ensino Médio deve estar concluído.


Costumam ser mais rápidos

Por terem curta duração - de alguns meses a até 3 anos - podem ser uma solução rápida para entrada no mercado de trabalho. Os cursos técnicos são uma alternativa mais fácil, rápida e barata, que proporciona as habilidades e os conhecimentos que as pessoas precisam para crescer profissionalmente, independente da área de atuação escolhida.

A modalidade pode ser a chave para abrir novas perspectivas de emprego, novos empreendimentos de carreira ou uma vida acadêmica mais embasada. 

Alguns dos cursos técnicos e rápidos mais valorizados pelo mercado

1. Técnico em Logística

Um curso técnico que faz parte da lista dos que mais empregam é o Técnico em Logística. Responsável por funções como planejamento, distribuição de bens de serviço, produção e processos logísticos como reposição de materiais e equipamentos, esse profissional é fundamental para o funcionamento de uma empresa. 

Dependendo do porte da empresa no qual o profissional for trabalhar, ele pode receber um salário de até R$ 3.208,00, de acordo com o site Vagas.

2. Técnico em Enfermagem

Sendo um dos cursos mais procurados no Brasil, o Técnico em Enfermagem qualifica profissionais para o trabalho em hospitais, postos de saúde e home care. Este último, ainda pouco conhecido no país, emprega muitos profissionais no mercado internacional e apresenta grandes chances de crescimento no Brasil com o tempo.

A área de home care está ligada aos cuidados que um paciente recebe em domicílio. A estimativa é que, com o envelhecimento da população brasileira, a demanda por esse profissional seja cada vez maior. Assim, os técnicos em Enfermagem podem trabalhar tanto no setor privado quanto no público. 

O salário desse profissional varia conforme a região do País e a sua experiência, podendo chegar a R$ 3.000,00, segundo o Glassdoor.

3. Técnico em Meio Ambiente

Entre as funções desse profissional está a de fazer o levantamento de dados para estudos socioambientais. Depois de formado, o profissional formado no curso Técnico em Meio Ambiente colocará em prática políticas ambientais destinadas à construção de indústrias. 

O salário médio de quem opta por essa formação chega a R$ 3.550,00, de acordo com o site Vagas.

4. Técnico em Nutrição

O curso Técnico em Nutrição capacita os profissionais para atuarem em hospitais, escolas, academias, hotéis, entre outros locais que exigem um aprimoramento do aproveitamento nutricional das pessoas. 

Esse profissional pode ganhar, em média, até R$ 2.051,70, segundo o Sindicato dos Técnicos em Nutrição do Estado de São Paulo.

5. Técnico em Comércio Exterior

O curso técnico em Comércio Exterior habilita o aluno a exercer funções que contemplem negociação com o mercado externo e políticas cambiais e alfandegárias. Assim, o seu trabalho estará voltado para trâmites aduaneiros, portuários e de transporte.

Para quem busca essa carreira, é importante saber que uma habilidade que será exigida do profissional é a sua capacidade de persuasão. Isso porque fará parte do seu dia a dia reduzir os valores finais de acordos comerciais. 

O salário médio para esse profissional é de R$ 3.547,00, de acordo com o site Vagas.

6. Técnico em Mecânica

A fabricação, a montagem e instalação de máquinas e equipamentos são consideradas as principais atribuições do profissional formado em um curso técnico em Mecânica. Como existe uma demanda regular de reparações e manutenção de máquinas e equipamentos, as habilidades do técnico em mecânica serão sempre requisitadas. 

O salário para esse profissional pode chegar a R$ 6.000,00, segundo o Glassdoor.

Como escolher um curso técnico?

Nem todas as pessoas têm certeza do que desejam fazer pelo resto da vida, principalmente no momento em que a discussão dos cursos técnicos ou da graduação entra em questão.

Mas nada adianta escolher o curso ideal, com um amplo mercado, se a instituição de ensino não é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). 

Por fim, analisar a melhor relação custo-benefício de um curso técnico exige alguns cuidados. É fundamental estar atento às instalações do curso, oferta de aulas práticas e duração.

Veja também:
+É preciso fazer prova para entrar em um curso técnico?
+Quanto custa um curso técnico?
+5 motivos convincentes para fazer um curso técnico

Onde encontrar cursos técnicos?

Veja a seguir algumas opções de instituições de ensino que oferecem cursos técnicos:

Como conseguir uma bolsa de estudos em um curso técnico?

O Quero Bolsa, em parceria com instituições de diversas regiões do País, oferece descontos em mensalidades de graduações, pós-graduações, idiomas, cursos livres e cursos técnicos. 

As bolsas de estudo são válidas durante todo o curso e para garanti-las, basta clicar no botão abaixo, escolher o curso, a instituição de ensino e a localização de sua preferência. Feito isso, é só preencher seus dados e efetuar a pré-matrícula!

Bolsas para cursos técnicos

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54