logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Engenheiro químico: tudo sobre a profissão

Aquele que projeta equipamentos e sistemas em processos de transformação química. Profissional encontra ofertas de trabalho principalmente na indústria; mercado é bastante diversificado
engenheiro químico

Sobre a profissão

O engenheiro químico projeta, constrói e comanda plantas e processos industriais dentro das indústrias de petróleo, biotecnológica, farmacêutica, alimentícia e em qualquer outro setor que envolva a transformação de matérias em produtos

Sob sua responsabilidade estão os processos físico-químicos, de segurança, fiscalização, expansão, transporte e armazenagem de toda a cadeia industrial. O engenheiro químico se preocupa em aplicar em grande escala e com eficiência os processos laboratoriais, compreendendo os fatores que envolvem a gestão de uma indústria de transformação. Para isso, elabora documentação técnica e legal, controla a qualidade e normas higiênicas e ambientais, além de supervisionar os processos de manuseio dos elementos para evitar contaminações e perdas.

O engenheiro químico é responsável por planejar, desenvolver e gerenciar processos industriais que transformam matérias-primas em produtos apropriados para o nosso uso e consumo, como por exemplo, na fabricação de cosméticos, plástico, produção de tintas, vernizes e vidros. Suas maiores oportunidades de trabalho estão na indústria, nos mais diversos setores. Se você gostaria de se profissionalizar nesta área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia Química, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

O engenheiro químico encontra campo para atuação nos vários segmentos da indústria, como o de materiais de construção, tintas, alimentação industrializada humana e para outros animais, cosméticos, petrolífero, fertilizantes e defensivos agrícolas, produção de papel e celulose, mineração, farmacêutico, polímeros e limpeza.

Nessas indústrias, o engenheiro químico pode atuar no projeto e protótipo de construção, reformas e ampliações das plantas. No desenvolvimento de produtos, seu trabalho está na realização de testes para verificar a consistência e qualidade das novas criações dentro das possibilidades de reprodução em ritmo industrial, dentro das normas legais de segurança do trabalhador, ambientais e do consumidor. 

Caso você tenha dúvidas sobre a profissão de engenheiro ser a escolha certa para o seu futuro, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido e gratuito.

Por que ser um Engenheiro químico?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro químico

    Como se tornar um Engenheiro químico?

    A profissão de engenheiro químico é de competência exclusiva dos bacharéis do curso superior de Engenharia Química. A duração média dos cursos de Engenharia no Brasil é de cinco anos. Para exercício legal da profissão, é obrigatório que o engenheiro químico realize seu registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) ou no Conselho Regional de Química (CRQ), conforme as atividades que realize.

    A profissão exige do engenheiro químico um conhecimento atualizado das práticas, novos maquinários, processos industriais e das atividades que envolvam sua profissão ao redor do mundo. Esse fator somado a uma forte atuação de empresas multinacionais pode trazer como exigência para diversas vagas de trabalho a fluência em língua inglesa e como diferencial importante o conhecimento em demais idiomas, como as línguas espanhola, alemã, japonesa, francesa, chinesa, entre outras, conforme a área.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?