logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Oficial de Justiça: tudo sobre a profissão

Profissional que comunica e garante o cumprimento de mandados judiciais. Considerado a mão do juiz fora do fórum, o oficial de justiça faz pessoalmente intimações, reintegrações de posse, apreensões, entre outras atividades
oficial de justiça

Sobre a profissão

O oficial de justiça é o profissional concursado que serve ao Estado como membro do Poder Judiciário. É uma designação genérica para funcionários judiciais.

Atualmente, considera-se oficial de justiça o servidor público concursado que materializa a aplicação de determinada lei a um caso concreto.

O oficial de justiça é, portanto, peça-chave essencial para o cumprimento da lei e para a prestação jurisdicional.

Os oficiais de justiça têm uma jornada de trabalho de 40 horas semanais em média, com horário bastante flexível. Como algumas atividades podem surgir fora do horário comercial, podem também atuar à noite e até aos fins de semana. Fazer pessoalmente intimações, prisões e reintegrações de posse são algumas funções do seu dia a dia. Esses profissionais geralmente agem sozinhos, mas podem pedir reforço policial quando necessário.

Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nesta importante escolha profissional.

O oficial de justiça atua como um mediador que comunica e faz valer decisões de magistrados perante civis.

Entre suas atribuições, o oficial de justiça faz pessoalmente citações, prisões, penhoras e demais diligências próprias do ofício jurídico, além de entregar mandado em cartório após seu cumprimento, auxiliar o juiz na manutenção da ordem no tribunal e efetuar avaliações quando necessário.

Muitas vezes, é necessário que o oficial de justiça possua CNH, já que costuma ser requerido que ele utilize o próprio veículo para executar suas atividades. O porte de arma ainda não é autorizado a esse profissional, mas existe uma discussão para sua flexibilização, devido à insalubridade do ofício. 

Por que ser um Oficial de Justiça?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Oficial de Justiça

    Como se tornar um Oficial de Justiça?

    Os tribunais de justiça possuem em seu quadro um número de servidores efetivos e comissionados, além de estagiários, terceirizados e voluntários. Em geral, para se tornar oficial de justiça, é necessário prestar concurso público, ser aprovado e convocado para assumir essas funções. Em algumas unidades federativas, é necessária a apresentação de graduação em Direito para se candidatar à vaga, mas, em outras regiões, apenas o ensino médio completo é exigido. É importante pesquisar sobre a carreira e editais dos Tribunais de Justiça na sua região ou no local em que se deseja trabalhar.

    Se você gostaria de se profissionalizar nesta área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Direito, veja os cursos disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Ciências Sociais e Humanas

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.