Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Engenharia Química

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia Química e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Engenharia Química no notebook
Média Salarial: R$ 7.358,27
Duração: em média, 5 anos
Bolsas: a partir de R$ 124,00
Ver bolsas de até 75%

Sobre o curso de Engenharia Química

A Engenharia Química é uma área da Engenharia dedicada ao estudo e aplicação de processos químicos para transformar matérias-primas em produtos com características específicas, alterando sua composição para atender necessidade farmacêuticas, alimentícias, e industriais.

O curso de Engenharia Química aborda as técnicas de gerenciamento e supervisionamento processos químicos. As disciplinas incluem química, biologia, física, matemática, engenharia mecânica e computação.

Durante o curso, os alunos adquirem conhecimentos sobre a criação e manipulação de materiais químicos, a criação de processos para produzir produtos químicos, bem como a construção e manutenção de equipamentos químicos.

Também aprendem sobre processos de produção, controle de qualidade e gerenciamento de projetos. Além disso, os alunos podem especializar-se em áreas como bioengenharia, química ambiental, engenharia química de processos, engenharia química de materiais e engenharia química computacional.

Além dos conceitos teóricos, projetos de pesquisa e atividades práticas complementam a metodologia do programa, habilitando os estudantes para a atuação em empresas químicas, empresas de processamento de alimentos, empresas de energia, empresas de petróleo e gás, empresas farmacêuticas e outras empresas que usam produtos químicos.

O tipo de formação para o curso de Engenharia Química é: bacharelado .

Como é o curso de Engenharia Química?

O curso de Engenharia Química é oferecido como bacharelado e aborda conceitos de Matemática, Física e Programação de Computadores. Os estudantes também têm contato com disciplinas específicas, como resistência, corrosão e reações químicas em materiais.

Nos primeiros anos, os alunos se deparam com uma base sólida em ciências exatas, estudando disciplinas como química, física, matemática e, em alguns casos, biologia. À medida que o curso avança, os estudantes exploram tópicos específicos, como termodinâmica, cinética química, operações unitárias e design de processos.

Além das disciplinas técnicas, os alunos também aprendem sobre aspectos econômicos e ambientais relacionados à indústria química. Isso inclui estudos sobre sustentabilidade, gestão ambiental, e avaliação de impacto econômico dos processos industriais.

Muitos cursos de Engenharia Química também incluem componentes práticos, como laboratórios e estágios, onde os alunos podem aplicar o conhecimento teórico em situações reais.

Embora correlatas, é válido ressaltar que existem diferenças entre a Química e a Engenharia Química. Enquanto a Química estuda a estrutura, composição, propriedades e transformações da matéria, a Engenharia Química aplica os princípios da química para projetar, desenvolver e otimizar processos em escala industrial.

O enfoque de ambas as ciências também são distintas. A química, por exemplo, busca entender as propriedades e comportamentos dos materiais e reações das substâncias. Seu objetivo é ampliar o conhecimento científico sobre a matéria e desenvolver novos compostos ou materiais com propriedades específicas. A engenharia química, por sua vez, se concentra em aplicar os conhecimentos da química para desenvolver processos industriais eficientes e seguros, tendo o objetivo de projetar, operar e otimizar processos químicos em escala industrial.

O curso de Engenharia Química também pode ser ofertado em grau de especialização. Nesse caso, a pós-graduação em Engenharia Química se concentra em tópicos específicos. Os alunos aprofundam seus conhecimentos em áreas como termodinâmica, processos químicos, controle de qualidade e sustentabilidade.

Existem diferentes áreas de especialização, permitindo que os engenheiros químicos se concentrem em campos específicos de interesse, dentre os quais é possível listar:

  • Processos de Manufatura;
  • Engenharia de Bioprocessos;
  • Engenharia de Petróleo e Petroquímica;
  • Engenharia Ambiental;
  • Engenharia de Materiais;
  • Engenharia de Energia;
  • Engenharia de Processos Químicos Avançados;
  • Engenharia de Alimentos;
  • Engenharia de Controle de Processos;
  • Engenharia de Segurança de Processos;
  • Engenharia Farmacêutica;
  • Engenharia de Polímeros.

Qual a grade curricular de Engenharia Química?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Engenharia Química em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Algorítmos e Programação

  • Algorítmos e Progrmação Lab

  • Análise e Otimização de Processos Químicos

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Engenharia Química?

No curso de Engenharia Química, os alunos aprendem a aplicar princípios da química, física, matemática e biologia para resolver problemas práticos da indústria. Inicialmente, o foco é nas ciências básicas, com aulas de química, física e matemática, fornecendo a base para a compreensão dos processos químicos.

Conforme o curso avança, os alunos estudam termodinâmica, onde aprendem sobre as leis que regem as reações químicas e os processos de transferência de energia. Fenômenos de transporte, outro tópico enfatizado, abordando como calor e massa são transferidos nos processos industriais.

A cinética química também é abordada, analisando a velocidade das reações químicas e os fatores que influenciam essas taxas, além de operações unitárias, que inclui técnicas de separação como destilação e filtração.

Complementando o conhecimento industrial, a sustentabilidade tem espaço, preparando os alunos para desenvolver processos que minimizem o impacto ambiental, tratando de questões como gestão de resíduos e eficiência energética.

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), todos os cursos de Engenharia devem ser compostos por núcleos de conteúdos básicos, profissionalizantes e específicos.

Dentre os conteúdos básicos que devem ocupar pelo menos 30% da carga horária total, destacam-se os seguintes tópicos na Engenharia Química:

  • Administração;

  • Ciências do Ambiente;

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;

  • Economia;

  • Eletricidade Aplicada;

  • Expressão Gráfica;

  • Fenômenos de Transporte;

  • Física;

  • Informática;

  • Matemática e Estatística;

  • Mecânica dos Sólidos;

  • Metodologia Científica e Tecnológica;

  • Química.

Já os conteúdos profissionalizantes são obrigatórios em pelo menos 15% da grade do curso de Engenharia Química, sendo aplicados estes dez tópicos:

  • Balanços de massa e de energia;

  • Transferência de quantidade de movimento, de calor e de massa;

  • Termodinâmica;

  • Engenharia das reações químicas;

  • Engenharia de bioprocessos;

  • Operações unitárias envolvendo transferência de quantidade de movimento, de calor e de massa;

  • Operações unitárias envolvendo sistemas particulados;

  • Engenharia de meio ambiente;

  • Modelagem, simulação, otimização e controle de processos;

  • Análise, síntese, projeto e segurança de processos.

A instituição de ensino é livre para propor os conteúdos específicos restantes, com extensões e aprofundamentos da parte profissionalizante.

Quanto custa uma faculdade de Engenharia Química?

Veja descontos de até 76% em ofertas para o curso de Engenharia Química. As mensalidades com bolsas de estudo variam entre R$150,34 e R$1.664,00, em instituições parceiras na Quero Bolsa.

Caso você tenha dúvidas se esse curso é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Procure o curso de Engenharia Química ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 124,00 entre as 1.403 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Engenharia Química

O que faz o profissional de Engenharia Química?

O engenheiro químico controla processos químicos, físicos e biológicos, a partir da definição de parâmetros de controle, padrões, métodos analíticos e sistemas de amostragem.

O profissional da área de Engenharia Química também desenvolve processos e sistemas por meio de pesquisas, testes e simulações de processos e produtos. Projeta sistemas e equipamentos técnicos.

A implantação de Sistemas de Gestão Ambiental (SGA) e de segurança em processos e procedimentos de trabalho é outra função possível, assim como a elaboração de documentação do que foi desenvolvido.

Onde o profissional de Engenharia Química pode trabalhar?

O engenheiro químico é responsável por desenvolver, produzir, controlar e estudar substâncias químicas. Eles trabalham em indústrias, laboratórios, universidades e empresas governamentais.

Em indústrias, o engenheiro químico é responsável por desenvolver novos processos, projetar equipamentos, melhorar a qualidade dos produtos, supervisionar operacionais e acompanhar as mudanças nas regulamentações governamentais.

Eles também são responsáveis por avaliar e monitorar a emissão de resíduos, bem como o impacto ambiental dos processos industriais.

Em laboratórios, o engenheiro químico trabalha com análise de produtos, testes de qualidade e desenvolvimento de novas substâncias químicas. Eles também estudam a segurança e eficácia das substâncias químicas e desenvolvem novas técnicas para a produção e uso desses produtos.

Em universidades, o engenheiro químico atua como [professor]https://querobolsa.com.br/carreiras-e-profissoes/professor) e pesquisador. Eles ministram aulas para graduandos e pós-graduandos, bem como conduzem pesquisas acadêmicas. Eles também são responsáveis ​​por orientar alunos de pesquisa e apoiar sua dissertação para a obtenção de seu título.

Em empresas governamentais, o engenheiro químico é responsável por implementar políticas e regulamentos, assim como avaliar e monitorar a qualidade dos produtos. Eles também são responsáveis ​​por elaborar relatórios e garantir que as regulamentações governamentais sejam cumpridas.

As atividades de um engenheiro químico podem variar de acordo com o setor em que o profissional atua. Algumas das tarefas comuns incluem:

  • Projeto e otimização de processos químicos
  • Pesquisa e desenvolvimento de novos produtos;
  • Controle de qualidade;
  • Gerenciamento de projetos;
  • Segurança e meio ambiente;
  • Consultoria técnica.

Sua formação multidisciplinar permite a atuação em diversos setores industriais, incluindo petroquímica, alimentos e bebidas, farmacêutica, energia, meio ambiente, entre outros.

Caso você tenha dúvidas sobre o curso de Engenharia Química ou profissões nesta área, faça o seu questionamento na Comunidade Quero. A Comunidade Quero é um ambiente para troca de conhecimento, onde você pode tirar suas dúvidas e ajudar outros integrantes da Comunidade com as dúvidas sobre o curso.

Quanto ganha um profissional de Engenharia Química?

O salário médio de um Engenheiro Químico no Brasil é de R$ 7.358,27 . Os estados onde a profissão de Engenheiro Químico têm os melhores salários são .

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Engenharia Química?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Engenharia Química?

Para poder atuar profissionalmente, além do diploma em um curso reconhecido pelo MEC, o engenheiro químico precisa estar regularmente inscrito no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

A profissão de engenheiro químico se caracteriza por exigir muito dos profissionais que a praticam. É necessário ter conhecimento sobre as áreas de química, física, biologia, matemática e outras áreas afins, além de domínio de técnicas de laboratório.

A partir disso, é possível afirmar que o mercado de trabalho para engenheiros químicos exige uma série de qualificações e exigências. Em primeiro lugar, é necessário que os profissionais tenham um bom conhecimento teórico. Isso inclui o domínio de tópicos como química orgânica, síntese, análise e outros conteúdos relacionados.

Além disso, é importante que os profissionais mantenham-se atualizados quanto a novas técnicas de laboratório e desenvolvimentos tecnológicos. Outra exigência importante para o profissional de engenharia química é o domínio de ferramentas computacionais. Isso inclui aplicativos para análise de dados, projetos de processos industriais e simulações computacionais.

É importante que o profissional mantenha-se atualizado quanto ao uso de ferramentas computacionais, pois elas são parte essencial do seu trabalho. Além disso, é importante que o profissional tenha boas habilidades de comunicação.

Isso inclui a capacidade de se expressar bem tanto verbalmente quanto por escrito, além de ser capaz de se comunicar eficazmente com outras pessoas.

Veja também: O Guia de Profissões da Quero Bolsa! São mais de 370 páginas sobre as diversas possibilidades profissionais do mercado de trabalho. Sobre a área, você poderá conferir detalhes sobre as profissões de: bioquímico, químico, engenheiro químico e outras profissões.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Engenharia Química?

As principais características do profissional de Engenharia Química, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Raciocínio lógico
Raciocínio indutivo;
Capacidade de tomar decisões;
Liderança;
Trabalho em equipe;
Capacidade de síntese;
Raciocínio dedutivo;
Capacidade de persuasão;
Senso crítico;
Atenção focada;
Acuidade sensorial.

Nota de corte para Engenharia Química

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Engenharia Química foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Engenharia Química
Está com dúvidas sobre Engenharia Química? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Engenharia Química

Tipo de Pergunta
Recentes