Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Profissões

10 profissões na área de Engenharia que talvez você não conheça

por João Vitor Marcondes em 18/11/21

A engenharia é definida como arte de aplicar os conhecimentos científicos à invenção, aperfeiçoamento ou utilização da técnica industrial em todas as suas determinações, de acordo com o dicionário Michaelis. Caracterizada como uma área abrangente e com vários direcionamentos entre os cursos, a engenharia dispõe de um universo de graduações e especializações em sua área. 


Por isso, a Revista Quero inicia nesta quinta-feira (18) uma série sobre profissões que talvez você não conheça. Nesta primeira publicação, listaremos 10 profissões na área de Engenharia que podem ser novas possibilidades de formação, despertar opções de especialização ou ser novas atuações aos amantes da Engenharia. 

Encontre bolsas de estudo para cursos de graduação. 

Engenheiro cartográfico

O curso de Engenharia Cartográfica forma profissionais habilitados para desempenhar funções ligadas ao mapeamento de uma localidade, atividade fundamental na elaboração de projetos de engenharia. O profissional poderá atuar no planejamento, na análise das informações e na coordenação das ações para levantamento informativo. Além disso, o profissional terá habilidade de interpretação das informações coletadas através dos dados geográficos.

O profissional de Engenharia Cartográfica também está apto ao trabalho de mapeamento por satélites, tecnologia com abrangência em diversas áreas de atuação. Também denominada Engenharia de Cartografia e Agrimensura por algumas instituições de ensino, você pode obter mais informações sobre o curso de Engenharia Cartográfica e a profissão de Engenheiro Cartográfico. 

Engenheiro robótico

A pessoa que trabalha com Engenharia Robótica apresenta habilitação no processo de implementação de robôs em áreas de atuação como indústrias e no mercado. Apto ao desenvolvimento e planejamento de máquinas, o profissional desenvolve projetos que podem estar presentes no cenário industrial, com possibilidade de inserção das máquinas para uso doméstico, e também em estabelecimentos de serviços.

Engenharia Mecatrônica e Engenharia de Controle e Automação são possibilidades de graduação para quem deseja trabalhar com Engenharia Robótica. Confira os conteúdos da Quero Bolsa sobre as profissões de Engenheiro Mecatrônico e Engenheiro de Controle e Automação

Engenheiro acústico

O Engenheiro Acústico trabalha com o condicionamento, tratamento ou aproveitamento de sons e das vibrações. Uma das ações mais associadas à profissão é a minimização de ruídos em determinada localidade. O profissional é capacitado para intervenções visando o aprimoramento da acústica nos recintos e, também, com a possibilidade de trabalho em sistemas de controle de vibração.

Além da área de atuação em comércio e indústrias, o Engenheiro Acústico pode desempenhar funções na acústica de construções. Ou seja, o profissional realiza o projeto de reverberação propícia do som em espaços como teatros ou salas de concerto.

Leia mais: As avaliações dos cursos de Engenharia no Guia da Faculdade 2021.  

Engenheiro de telecomunicações

De acordo com a página de Engenharia de Telecomunicações, o profissional desta área executa serviços elétricos, eletrônicos e de telecomunicações. A pessoa  responsável está habilitada para análise de propostas técnicas, instalar ou realizar a configuração de sistemas e equipamentos. Além disso, há atuação profissional na inspeção de sistemas de telecomunicação e execução de testes ou ensaios.

O engenheiro poderá desempenhar funções em projetos relacionados às redes de internet móvel, como as tecnologias 5G e antecessoras. Confira algumas ofertas de bolsas de estudo em Engenharia de Telecomunicações. No site da Quero Bolsa, você encontrará opções de graduação, pós-graduação e cursos técnicos na área. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Engenheiro agrônomo

O curso de Engenharia Agronômica habilita profissionais para trabalhar no agronegócio. Além de ter ciência de todo o processo produtivo, o graduado lidará com técnicas e ações que visam melhorar a qualidade e a geração de produtos agrícolas. O profissional poderá prestar serviços para produtores rurais ou empresas. Nesta área de atuação, também há possibilidade de atuação no setor educacional (por exemplo, no ensino superior ou com cursos técnicos e profissionalizantes), além da prestação de consultoria. 

Se Engenharia Agronômica for a sua área desejada, a Quero Bolsa apresenta mais de 100 opções entre bolsas de estudos entre as opções na graduação e pós-graduação

Engenheiro de mobilidade

engenheiro de mobilidade possui uma área de atuação ampla e com muitas possibilidades no processo produtivo. A pessoa responsável tem conhecimento da implementação de projetos e da etapa de construção das estruturas para otimizar e melhorar redes de transporte. Além disso, o profissional pode executar a manutenção e monitoramento das infraestruturas já existentes. 

A página de Engenharia de Mobilidade na Quero Bolsa define que dentro dos centros urbanos: “sua função [do profissional] é zelar pela sinalização viária e pela organização e do planejamento do transporte urbano, com a intenção de dar melhor fluidez ao tráfego e sugerir obras de mobilidade necessárias.” Por fim, não deixe de conferir as bolsas de estudo para Engenharia de Mobilidade ou Engenharia Logística na Quero Bolsa.

Engenheiro de materiais

Uma das possibilidades de trabalho do Engenheiro de Materiais é a pesquisa de novos materiais para uso industrial. Em adição, o profissional detém conhecimento sobre novos usos do setor para materiais já presentes no cotidiano das indústrias. De acordo com a página de profissões, o profissional cria novos produtos por meio de ligas e combinações, processos químicos aplicados a materiais como cerâmicas, ligas metálicas e polímeros.

Há possibilidade de especialização do engenheiro de materiais sobre algum tipo de material. Além disso, sua função abrange a avaliação de materiais em relação ao manuseio, a resistência e sua maleabilidade do item mediante altas ou baixas temperaturas. Gostou das informações? Também temos bolsas de estudo para Engenharia de Materiais na Quero Bolsa

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Engenheiro biomédico

Visando soluções para a área da saúde, o engenheiro biomédico desenvolve equipamentos médicos e odontológicos que auxiliam os profissionais da saúde no cotidiano da profissão. Os aparelhos (ou softwares), de autoria do engenheiro biomédico, podem estar presentes nas etapas de prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. Portanto, o profissional conecta engenharia e tecnologia para a criação de novos recursos na área da saúde.

Após o término do curso, o engenheiro biomédico deve obter o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). O engenheiro biomédico pode atuar em organizações privadas ou públicas, na validação de equipamentos ou em empresas que desenvolvem tecnologia para a área de atuação. Veja algumas ofertas para Engenharia Biomédica na Quero Bolsa.

Engenheiro florestal 

O engenheiro florestal está habilitado e possui conhecimentos para garantir a exploração adequada e sustentável das florestas. De acordo com a página de profissões, o engenheiro florestal pode atuar em projetos econômicos de empresas e indústrias que utilizem recursos florestais. Nesses projetos, ele é responsável por avaliar e fiscalizar o bom uso desses recursos, garantindo o equilíbrio entre a exploração e a renovação natural da vegetação.

Além das empresas e indústrias, o profissional pode trabalhar em órgãos públicos e instituições relacionadas à preservação do meio ambiente. Por fim, vale destacar a possibilidade de atuar em instituições de ensino superior e na prestação de consultorias. Para conseguir a sua bolsa de estudos em Engenharia Florestal, clique neste link

Engenheiro de software

O engenheiro de software desempenha funções relacionadas ao desenvolvimento de programas, aplicativos e sistemas de computadores. As habilidades deste profissional abrangem o desenvolvimento de aplicativos, o conhecimento das etapas de produção dos softwares ou a realização de testes nos próprios sistemas. Além do mencionado, o engenheiro de software está habilitado ao trabalho estrutural de seu produto.

A página de profissões de Engenheiro de Software destaca que há possibilidade de especialização em diferentes áreas de desenvolvimento de softwares. Por exemplo, em bancos de dados, programas técnico-científicos, softwares para palmtops e smartphones, sistemas eletrônicos embarcados, jogos, programas educativos, ensino, sistemas de gerenciamento ou administração de empresas.

Você deseja uma bolsa de estudo para Engenharia de Software? Sim, nós temos. Confira aqui

Para informações adicionais sobre cursos de Engenharia, a Revista Quero listou mais de 40 opções de cursos de Engenharia no Brasil. Confira a matéria neste link.  

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54