Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
50f2be0b574ab7141b942d7428bec6e72f5729be 99c41ad96fb916433ed11d4552cbe80203e64efa
Dicas e Curiosidades

Trabalhar em Portugal: veja quais são os profissionais mais procurados

por Natália Plascak Jorge em 08/12/17 130 mil visualizações

Você já teve aquela vontade absurda de largar tudo aqui no Brasil e de tentar uma vida melhor em outro país? De viver em outra cultura, ter a possibilidade de mais qualidade de vida e aproveitar para conhecer vários lugares do mundo?

Então, a crise econômica no Brasil fez com que muita gente apostasse nisso e embarcasse em uma verdadeira aventura no exterior. Um dos lugares escolhidos pelos brasileiros que virou uma onda nos últimos tempos foi Portugal.

Apesar de os números mostrarem uma redução na imigração nos últimos três anos de acordo com o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo, elaborado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), órgão responsável pela imigração no país, os brasileiros aparecem como a nacionalidade mais representativa em solo português. E olha que essa estatística não considera aqueles que conseguiram cidadania portuguesa ou que permanecem ilegalmente no país.

Fonte: SEF 2016

Mas, afinal, quais são os profissionais mais procurados para trabalhar em Portugal?

De acordo com o levantamento feito pela consultoria Hays, especializada em recursos humanos, é possível conhecer as perspectivas de recrutamento de mais de 840 empregadores, os perfis com mais procura nas regiões Norte, Centro e Sul de Portugal, valores salariais médios para mais de 250 funções qualificadas e expectativas de carreira e benefícios valorizados pelos profissionais.

Assim como em 2016, em 2017, os perfis comerciais, engenheiros e especialistas em tecnologias de informação (TI) ocuparam o topo da lista de prioridades das empresas em relação a contratações. Mas, fique atento porque existem diferenças nessas opções nas regiões de Portugal.

  • No Norte, a procura de perfis de TI, engenheiros e profissionais de logística é mais alta do que nas outras regiões.
  • No Centro, perfis comerciais perdem a liderança para os perfis de engenharia que atingem 43% das intenções de contratação das empresas.
  • No Sul do país, Marketing e Comunicação superam a procura de engenheiros.

    Outro fato curioso: segundo o estudo, em termos globais, a procura por profissionais da área comercial e engenheiros parece diminuir em relação a 2016, contrastando com o aumento da procura de perfis na área das TI e Marketing e Comunicação.

Áreas com grandes perspectivas no mercado de trabalho português

Contabilidade e Finanças

Controller de Gestão (30.000 a 45.000 euros)
Controller Financeiro (21.000 a 40.000 euros)
Diretor Financeiro (35.000 a 65.000 euros)
Analista de Negócios

Cursos que você pode fazer para trabalhar com isso:
Gestão Financeira
Administração

Banca e Seguros

Private Banker (35.000 a 59.000 euros)
Gestor Comercial Corporate
Atuário (21.000 a 47.000 euros)
Underwritter (20.000 a 47.000 euros)

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Administração

Recursos Humanos

Diretor de Recursos Humanos (35.000 a 75.000 euros)
Técnico de Recursos Humanos (14.000 a 35.000 euros)
HR Business Partner

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Recursos Humanos

Legal

Advogado especializado
Advogado Interno (21.000 a 40.000 euros)

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Direito

Indústria, Logística e Construção

Gestor Industrial, de Manutenção ou Produção
Diretor de Operações (35.000 a 58.000 euros)
Diretor de Logística e Supply Chain (35.000 a 65.000 euros)
Técnico de Logística
Técnico Comercial

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Logística

Tecnologia da Informação

Programador (18.500 a 49.000 euros)
Mobile Developer (22.400 a 45.000 euros)
Especialista em Segurança (22.400 a 56.000 euros)
Especialista em Business Intelligence
Especialista em Big Data e Machine Learning

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Tecnologia da Informação

Marketing e Vendas

Key Account Manager (28.000 a 49.000 euros)
Digital Marketing Manager
Brand Manager (20.000 a 45.000 euros)
Export Manager (21.000 a 50.000 euros)

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Marketing

Retalho e Grande Distribuição

Diretor de Loja (22.000 a 55.000 euros)
Gerente de Loja (10.000 a 28.500 euros)
Gerente de Restaurante
Chefe de Turno
Gestor de e-Commerce (16.800 a 22.400 euros)

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Administração

Turismo e Lazer

Responsável de F&B
Responsável de Eventos
Técnico de Turismo Incoming
Chefe de Cozinha (21.000 a 84.000 euros)

Cursos que você pode fazer para trabalhar com isso:
Turismo
Gastronomia
Relações Públicas

Life Science e Farmácia                                                            

Market Access
Field Access
Delegado Hospitalar (28.000 a 49.000 euros)
Key Account Manager

Curso que você pode fazer para trabalhar com isso:
Farmácia

Office Support e Custumer Service

Custumer Service fluente em idiomas (11.620 a 16.800 euros)
Accounts Receivable fluente em idiomas e Accounts Payable fluente em idiomas (9.600 a 18.200 euros)
Team Leader fluente em idiomas (12.600 a 21.000 euros)

Cursos que você pode fazer para trabalhar com isso:
Administração
Comunicação Social

Os dados do levantamento tiveram como base projeções para o ano de 2017. Os valores correspondem ao salário bruto anual, sem componentes variáveis adicionadas. Os salários variam de acordo com o tempo de experiência do profissional e o local de trabalho (Lisboa ou Porto). Eles foram divulgados apenas para alguns cargos. O valor do euro na data de publicação da matéria era de R$3,84. 

A importância do inglês

Um dos pontos que também chamou atenção no resultado dessa pesquisa foi a importância dada ao domínio do inglês. Mais do que saber o próprio idioma (o português), os recrutadores valorizam os candidatos que sabem a língua inglesa.

Fonte: Relatório Hays 2017

Como é para os brasileiros trabalhar em Portugal

Isis Zimmerman, 27 anos, é fotógrafa e youtuber. Ela e o marido, Felipe Guerra, sempre tiveram vontade de se mudar para a Europa. A família paterna dele é toda de Portugal, e ele tem a cidadania desde a infância.

A decisão veio de fato depois que os tios dele foram passar férias no país e falaram muito bem de lá. Eles viram que era possível mudar, ainda mais porque na época ele já trabalhava de casa para uma empresa brasileira. Na pior das hipóteses, (aliás, o que na época pareceu a pior das hipóteses para eles), continuaria tudo como estava.

Isis, o marido Felipe e o cachorro deles, o Fred

“Não temos propriedade para avaliar o mercado português como um todo, mas na área de TI até que tem bastante oferta. No geral, a cultura aqui é de um consumismo bem menos desenfreado que no Brasil. As pessoas compram porque precisam e não porque saiu uma atualização do produto. Isso faz com que tudo seja mais lento.”

O Felipe já trabalhou em Portugal por seis meses, mas não se adaptou muito bem. “Em termos financeiros, mesmo com a conversão, para nós não compensa trabalhar aqui, pois os salários são baixos e a área dele ainda não tem tanto mercado aqui. Ele é desenvolvedor front-end e, quando chegamos, era o único da Europa que trabalhava com uma plataforma brasileira que está vindo para cá. Não pretendemos ter um trabalho fixo aqui no país mas sempre estaremos abertos para freelancers”, afirmou Isis.

“No meu canal chegam muitos brasileiros que estão planejando se mudar, logo a gente acaba tendo muito contato com quem está passando por essa transição. A dica que eu deixo é: faça o que seu coração mandar. Portugal é um ótimo país para se viver, mas com hábitos bem diferentes dos brasileiros, então, esteja disposto a mudar seu jeito de lidar com as coisas. Aqui, provavelmente, não é o lugar onde você construirá uma fortuna, mas é um lugar que você poderá viver com muita tranquilidade.”

E trabalhar em Portugal sendo achado?

Erick Pichler, de 31 anos, saiu do Brasil para trabalhar em Portugal com o emprego garantido. Ele é funcionário de um banco de investimentos francês, na área de TI, que é um destaque segundo as estatísticas do levantamento da Hays. Erick foi encontrado pelo LinkedIn, rede social profissional. “Eles me localizaram por habilidades específicas de minha área. O mercado de trabalho em TI é muito carente aqui em Portugal”, afirmou o brasileiro.

“O interesse em morar fora do Brasil sempre existiu. Aquele que nunca sonhou em morar fora, que atire a primeira pedra! Mas, nunca foi especialmente Portugal. Depois que você vai ao mercado com R$50,00 e sai com uma sacolinha com três itens, você começa seriamente a pensar: que diabos estou fazendo aqui ainda? Basicamente, além da situação de completa falta de segurança no Brasil, o interesse em vir para Portugal só aumentou.”

Atualmente, ele vive no Porto e diz ter encontrado muita gente com o coração verde e amarelo em seu caminho. “Meus colegas de equipe são brasileiros como eu. Na verdade, também são de Curitiba, como eu! Aqui na empresa também há vários brasileiros”, lembrou.

A avaliação que ele faz sobre o mercado de trabalho português é muito positiva. “O mercado português, assim como outros mercados de 90% da Europa, está bem aquecido. Há muitas vagas disponíveis, principalmente para quem tem qualificação!”

Erick e a esposa Elisa Pichler na Ribeira do Douro, um dos locais mais antigos e típicos da cidade Porto


Por isso, ele deixa a dica para quem está pensando em se mudar para a terra de Camões: "estude, estude e estude! Especialize-se em sua área de atuação. Não venha sem uma oferta de emprego. Conheço muitas histórias de pessoas que vieram sem nada, pensando que iriam construir algo melhor que no Brasil e acabaram trabalhando em lugares horríveis, com aproveitadores e tiveram que emprestar dinheiro de parentes no Brasil para comprar passagem de volta. Qualquer paraíso pode se tornar um inferno se você não é qualificado”, destacou.

E você? Gostou da ideia? Já está arrumando suas malas para trabalhar em Portugal?



50f2be0b574ab7141b942d7428bec6e72f5729be 99c41ad96fb916433ed11d4552cbe80203e64efa

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54