logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Profissional de relações internacionais: tudo sobre a profissão

Aquele que analisa cenários e realiza projetos de pesquisa econômica, política, social e de mercado. Conhecido como internacionalista, o profissional apresenta conhecimento sobre cenários mercantil, geopolítico e financeiro. Além disso, o profissional tem ciência sobre assuntos de conjuntura econômica e social. 
profissional de relações internacionais

Sobre a profissão

O profissional de Relações Internacionais, também chamado de internacionalista, está apto ao trabalho com negociações e detém conhecimento do processo de formulação de políticas e análise de conjunturas internacionais. Este profissional está sempre atualizado sobre tópicos que envolvem os mercados e comércios de diversas localidades, questões culturais/geográficas e as possibilidades de negociações a partir das características de determinado Estado-nação.  

De acordo com a página do curso, o internacionalista pode atuar com diplomacia, política internacional, análise de conjuntura econômica e social, planejamento estratégico, inteligência competitiva, assessoria de governos e empresas, negociações internacionais, análise de riscos políticos, pesquisa acadêmica, consultorias estratégicas e operações financeiras internacionais. Uma das possibilidades de carreira para o internacionalista é atuar como Profissional de Relações Institucionais e Governamentais.

De acordo com o site da Quero Bolsa, o salário médio do internacionalista no Brasil R$ 3.455 e o estado com maior salário médio é São Paulo com R$ 4.673,00. Além disso, os estados onde a profissão de Internacionalista apresentam os melhores salários são São Paulo, Espírito Santo e Pará.

Se você quiser se profissionalizar na área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Relações Internacionais, confira as oportunidades no site da Quero Bolsa

O internacionalista ou analista internacional é frequentemente relacionado com trabalhos em embaixadas, ministérios, governos e relações diplomáticas. Entretanto, o profissional também poderá desempenhar funções em empresas que tenham relação com o mercado e atividades econômicas, por exemplo, empresas financeiras ou empresas multinacionais. Além disso, este profissional poderá prestar assessoria ou consultoria para pessoas ou empresas, além de trabalhar em institutos, centros de pesquisa e instituições de ensino. 

Por que ser um Profissional de relações internacionais?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Profissional de relações internacionais

    Como se tornar um Profissional de relações internacionais?

    O primeiro passo é a conclusão do curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A duração média da graduação em Relações Internacionais é de quatro anos (oito semestres). As instituições de ensino solicitam trabalho de conclusão de curso (TCC) e, em alguns casos, há exigência adicional de teste de proficiência em inglês para a obtenção do diploma.

    Antropologia e Cultura Brasileira, Análise da Política Externa das Grandes Potências e Análise de Conjuntura Internacional são algumas das disciplinas que o aluno terá acesso durante a sua formação acadêmica. Para ver outras matérias deste curso superior, confira a grade curricular de Relações Internacionais, disponibilizada no site da Quero Bolsa

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Administração e Negócios

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.