logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Psicopedagogo: tudo sobre a profissão

O profissional que avalia influências no processo de ensino-aprendizagem. Áreas de atuação podem ser variadas para um psicopedagogo; oportunidades acabam sendo maiores nas regiões Sul e Sudeste
psicopedagogo

Sobre a profissão

O psicopedagogo é o profissional que estuda o modo como o ser humano constrói conhecimentos, o que acontece por meio da assimilação e processamento de informações em todas as etapas da vida, desde a primeira infância até a velhice. Ele analisa tanto o comportamento humano quanto os fatores que interferem nesse procedimento. A partir disso, o psicopedagogo busca entender os processos de ensino-aprendizagem e as formas possíveis de facilitá-los e otimizá-los. Para isso, utiliza conhecimentos multidisciplinares, de áreas como Antropologia, Neurologia, Psicolinguística, entre outras.

O psicopedagogo auxilia pessoas e instituições de ensino em questões relacionadas a processos de ensino-aprendizagem. Seu papel é analisar os fatores que interferem na aprendizagem de uma pessoa e ajudar a solucionar esses problemas. Ele pode propor ações de desenvolvimento de projetos favoráveis à transformação do processo educacional, com o objetivo de se prevenir fatores que prejudiquem o ensino e o aprendizado. Atualmente, as regiões Sul e Sudeste apresentam mais oportunidades de trabalho para esses profissionais no Brasil.

O campo de atuação do psicopedagogo é bastante amplo. Ele pode atuar em clínicas, consultórios, hospitais, escolas, instituições de ensino e de pesquisa, em empresas públicas e privadas, em ONGs, asilos, entre outras organizações.

Na área clínica, o psicopedagogo atua principalmente de forma terapêutica e preventiva, em conjunto com profissionais da Saúde, como psicólogos, fonoaudiólogos e neurologistas.

Em instituições de ensino, o psicopedagogo identifica problemas dos mais diversos aspectos que prejudicam o ensino-aprendizagem e levam ao desinteresse e abandono da escola pelos alunos e desenvolve planos pedagógicos que solucionem esses problemas e facilitem o ensino-aprendizagem.

Em empresas, sejam públicas, privadas ou do terceiro setor, o psicopedagogo irá, por exemplo, analisar e orientar os funcionários no processo de aprendizagem de suas funções.

O psicopedagogo pode também atuar de forma autônoma e abrir seu próprio consultório, no qual atende e orienta estudantes e seus familiares.

Por que ser um Psicopedagogo?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Psicopedagogo

    Como se tornar um Psicopedagogo?

    Para se tornar um psicopedagogo, é necessário diploma em curso superior aprovado pelo MEC nas áreas de Pedagogia ou Psicologia e especialização na área de Psicopedagogia. Contudo, há universidades que já oferecem cursos de bacharel em Psicopedagogia.

    Está em tramitação um projeto de lei que regulamenta a profissão. Contudo, caso o psicopedagogo seja bacharel em Psicologia ou Pedagogia e atue na área, é necessário registro junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP) ou no Conselho Federal de Educadores e Pedagogos (CFEP).

    Se você gostaria de se profissionalizar nesta área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Psicopedagogia, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Ciências Sociais e Humanas

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.