Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Quanto ganha um Engenheiro agrônomo? Salário e carreira na área de Engenharia Agronômica

Selecionamos informações sobre a profissão de Engenheiro agrônomo, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.
Salário médio no Brasil Engenheiro agrônomo R$ 7.410,85
Maior salário médio por estado Alagoas R$ 12.065,21
Maior salário médio por especialidade Engenheiro de Pesca R$ 14.415,78

Qual o salário de um Engenheiro agrônomo?

O salário médio de um Engenheiro agrônomo no Brasil é de R$ 7.410,85.
Os estados onde a profissão de Engenheiro agrônomo têm os melhores salários são Distrito Federal, São Paulo e Ceará.

As especialidades com os melhores salários são Engenheiro Agronomo, Engenheiro Florestal e Engenheiro Agricola.

Essas informações são baseadas nas 2887 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Engenheiro agrônomo por especialidade
Especialidade Salário médio
Engenheiro Agronomo R$ 13.961,29
Engenheiro Florestal R$ 13.276,01
Engenheiro Agricola R$ 10.818,18
Tecnólogo Em Agronegócio R$ 7.111,12
Engenheiro de Pesca R$ 5.693,45
Estude Engenharia Agronômica pagando menos!
As melhores ofertas para você começar a estudar pagando menos Ver bolsas de estudo

Como é a carreira de Engenheiro agrônomo?

O engenheiro agrônomo trabalha com o desenvolvimento de soluções que contribuem para a geração de maior e melhor produtividade em plantações e rebanhos. Para isso, o profissional aplica seus conhecimentos técnicos e científicos para otimizar a produção agrícola, desenvolver práticas sustentáveis de manejo e contribuir para o avanço da agricultura.


Sua atuação abrange diversos aspectos relacionados à produção de alimentos, fibras, biomassa e outros produtos agrícolas. As atividades envolvem:


  • Produção agrícola;
  • Manejo de recursos naturais;
  • Implementação de tecnologia agrícola;
  • Melhoramento genético;
  • Extensão rural;
  • Agricultura sustentável;
  • Consultoria e assessoria;
  • Pesquisa científica;
  • Gestão agroindustrial;
  • Desenvolvimento de políticas públicas.


Atualmente, o profissional encara um mercado de trabalho aquecido, principalmente pelo Agronegócio, e conquista alta remuneração. Se você deseja se aprofundar no tema e descobrir mais informações sobre a carreira, veja quanto ganha um engenheiro agrônomo.

Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nesta importante escolha profissional.

O engenheiro agrônomo emprega tecnologias e práticas para a otimização da produção agropecuária. Ele promove uma ciclo sustentável, considerando a conservação dos recursos naturais, a preservação do meio ambiente e a eficiência no uso de insumos.

Outra atribuição do profissional é aumentar a eficiência e a produtividade nas atividades agrícolas, por meio da aplicação de técnicas modernas, seleção de culturas adequadas e gestão eficiente de recursos.

Além disso, ele aplica estratégias de controle de pragas e doenças, adotando abordagens integradas que envolvam práticas biológicas, culturais e químicas de forma equilibrada.

Alguns engenheiros agrônomos também contribuem para o avanço científicos na área agrícola, participando de pesquisas e desenvolvendo novas tecnologias e práticas que possam beneficiar a agricultura.

A carreira do engenheiro agrônomo engloba desde o planejamento até a execução de atividades no campo. Em seu cotidiano, o profissional pode estar envolvido em estudos e análises para identificar as condições do solo, do clima e demais fatores que impactam a produção agrícola.

Com base em suas inferências, o engenheiro define as melhores práticas de cultivo, manejo de solo, seleção de culturas e estratégias para otimização da produção. O trabalho muitas vezes envolve o uso de tecnologias, como softwares de modelagem agrícola e sistemas de informação geográfica.

No campo, o profissional atua na supervisão e execução das práticas recomendadas, monitorando o desenvolvimento das culturas, aplicando técnicas de irrigação, controle de pragas e doenças, além de realizar a gestão de insumos. A assistência técnica aos agricultores é uma parte complementar da carreira, envolvendo a transmissão de conhecimentos, a resolução de problemas e o suporte para a implementação de novas tecnologias.

O manejo integrado de pragas e doenças é uma constante, e o engenheiro agrônomo busca equilibrar o uso de defensivos agrícolas com práticas sustentáveis, promovendo a saúde das plantas sem comprometer o meio ambiente. Além disso, a gestão eficiente dos recursos hídricos é observada, sendo responsabilidade do profissional avaliar as necessidades hídricas das culturas e implementar sistemas de irrigação adequados.

Para se tornar um engenheiro agrônomo, é necessário completar a graduação em Engenharia Agronômica, que geralmente é um curso de cinco anos. Durante o programa, os estudantes adquirem conhecimentos em disciplinas como Manejo de Solo, Fitotecnia, Zootecnia, Genética, Meteorologia Agrícola, Economia Rural, entre outras.

O profissional também precisa estar atualizado com as últimas tendências, tecnologias e regulamentações do setor agrícola. Além disso, habilidades interpessoais são valorizadas. O engenheiro agrônomo muitas vezes interage diretamente com agricultores, equipes de campo, pesquisadores e outros profissionais.O mercado de trabalho para engenheiros agrônomos engloba setores como agronegócio, consultoria, pesquisa, órgãos governamentais e indústrias de insumos agrícolas

O salário inicial para o cargo de Engenheiro Agrônomo é de R$ 3.113,00, podendo alcançar até R$ 7.447,00. A média salarial para Engenheiro Agrônomo no Brasil é de R$ 4.980,00. A formação mais frequente para essa posição é a Graduação em Agronomia.

Ver mais sobre essa carreira

A Quero Bolsa te ajuda a encontrar sua faculdade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!
Ilustração de uma pessoa com uma coroa na cabeça
  • Você encontra sua vaga e faz a pré-matrícula na hora
  • O desconto da Quero Bolsa é valido até o fim do curso
  • Bolsa garantida ou seu dinheiro de volta