Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Quanto ganha um Museólogo? Salário e carreira na área de Museologia

Selecionamos informações sobre a profissão de Museólogo, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.
Salário médio no Brasil Museólogo R$ 1.687,92
Maior salário médio por estado Rio de Janeiro R$ 2.162,65
Maior salário médio por especialidade Museologo R$ 5.754,26

Qual o salário de um Museólogo?

O salário médio de um Museólogo no Brasil é de R$ 1.687,92.
Os estados onde a profissão de Museólogo têm os melhores salários são Maranhão, Distrito Federal e Rio de Janeiro.

As especialidades com os melhores salários são Museologo e Arquivista.

Essas informações são baseadas nas 5581 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Museólogo por especialidade
Especialidade Salário médio
Museologo R$ 5.754,26
Arquivista R$ 3.075,13
Estude Museologia pagando menos!
As melhores ofertas para você começar a estudar pagando menos Ver bolsas de estudo

Como é a carreira de Museólogo?

De acordo com a página de profissões, o profissional tem como missão transmitir e divulgar conhecimento, além de desenvolver ações culturais sobre acervos. Outra forma de compreender a atuação do museólogo é ter ciência que as funções deste profissional estão vinculadas com a sociedade e questões patrimoniais em sua atuação.


De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o salário do museólogo é de, em média, R$ 3.214,41.


Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nesta importante escolha profissional.

O museólogo desempenha um papel crucial na preservação, pesquisa e divulgação do patrimônio cultural em instituições museológicas. Seus objetivos são variados e abrangem várias dimensões, incluindo:

Preservação do Patrimônio: Um dos principais objetivos do museólogo é garantir a preservação adequada das coleções e artefatos sob sua responsabilidade. Isso envolve a implementação de técnicas apropriadas de conservação, controle de temperatura e umidade, e a prevenção de danos causados por pragas.

Pesquisa e Catalogação: O museólogo realiza pesquisas sobre os objetos presentes nas coleções do museu. Isso pode incluir a identificação de peças, sua origem, contexto histórico e importância cultural. A catalogação adequada é essencial para a gestão eficaz das coleções.

Exposição e Comunicação: A criação de exposições é outra função crucial. Os museólogos procuram apresentar as coleções de maneira educativa e envolvente para o público. Isso envolve a seleção criteriosa de peças, a elaboração de narrativas coesas e a utilização de recursos audiovisuais para transmitir informações.

Educação e Mediação Cultural: Contribuir para a educação do público é um objetivo importante. Os museólogos desenvolvem programas educativos, visitas guiadas e atividades que promovem a compreensão e apreciação do patrimônio cultural, atuando como mediadores entre as coleções e o público.

Conservação da Memória: O museólogo desempenha um papel fundamental na conservação da memória cultural de uma sociedade. Isso envolve a promoção da conscientização sobre a importância da preservação do patrimônio para as gerações presentes e futuras.

Colaboração e Parcerias: Colaborar com outras instituições, pesquisadores e comunidades é um aspecto importante. O museólogo busca estabelecer parcerias que possam enriquecer as coleções, promover intercâmbios culturais e expandir o alcance do museu.

Gestão de Coleções: A administração eficaz das coleções é crucial. Isso envolve o desenvolvimento de políticas de aquisição, descarte responsável, inventário regular e a implementação de sistemas de gestão de coleções.

A carreira de um museólogo na prática envolve uma série de atividades desafiadoras e variadas, concentradas na gestão, preservação e comunicação do patrimônio cultural. Abaixo estão alguns aspectos que delineiam como é a carreira de um museólogo na prática:

Pesquisa e Curadoria: A pesquisa é uma parte integral da carreira de museólogo. Eles conduzem estudos sobre as peças das coleções, procurando entender sua origem, contexto histórico e importância cultural. A curadoria envolve a seleção de peças para exposições e a criação de narrativas coesas.

Desenvolvimento de Exposições: Os museólogos trabalham na concepção e montagem de exposições. Isso inclui a escolha de peças, o design dos espaços expositivos, a criação de textos informativos e a coordenação de aspectos logísticos para garantir uma experiência enriquecedora para o público.

Educação e Mediação Cultural: Muitos museólogos se envolvem em atividades educativas, como desenvolvimento de programas educativos, condução de visitas guiadas e interação com escolas e grupos comunitários para promover a compreensão do patrimônio cultural.

Colaboração e Networking: A carreira de museólogo frequentemente envolve colaborações com outras instituições culturais, pesquisadores e comunidades locais. O estabelecimento de parcerias pode resultar em intercâmbios valiosos, empréstimos de peças e projetos conjuntos.

Gestão Administrativa: Além das atividades diretamente ligadas ao patrimônio, os museólogos muitas vezes têm responsabilidades administrativas. Isso pode incluir a elaboração de orçamentos, a supervisão de equipes, a coordenação de eventos e a implementação de estratégias para aumentar a visibilidade do museu.

A profissão de museólogo demanda uma combinação específica de formação acadêmica e experiência prática para atender às complexidades do trabalho em instituições culturais. Aqui estão os principais requisitos que o mercado geralmente busca para profissionais nessa área:

Formação Acadêmica:
Graduação em Museologia ou Áreas Afins: A formação acadêmica é frequentemente um requisito fundamental. Muitos museólogos possuem graduação em Museologia, História da Arte, Arqueologia, Antropologia ou disciplinas relacionadas.
Pós-Graduação (Opcional): Em alguns casos, ter uma pós-graduação, como mestrado ou doutorado, pode ser uma vantagem, especialmente para posições mais especializadas, de pesquisa ou curadoria.

Experiência Prática:
Estágios e Voluntariado: A experiência prática é altamente valorizada. Estágios em museus, galerias ou instituições culturais oferecem uma compreensão prática das operações diárias e dos desafios enfrentados pelos profissionais da área.
Trabalho Voluntário em Projetos Específicos: Participar voluntariamente em projetos específicos, como montagem de exposições, gestão de coleções ou programas educativos, demonstra um comprometimento prático com a profissão.

Habilidades Técnicas e Conhecimentos Específicos:
Catalogação e Conservação: Conhecimentos sólidos em técnicas de catalogação, conservação e preservação são essenciais para a manipulação adequada das peças do acervo.

Gestão de Coleções: Habilidades administrativas, incluindo gestão de coleções, organização de exposições e planejamento estratégico, são requisitos para cargos mais sêniores.

Comunicação e Educação: Boas habilidades de comunicação são cruciais para interagir com colegas, visitantes e parceiros, além de serem fundamentais para o desenvolvimento de exposições e programas educativos.

Conhecimento de Tecnologia:
Sistemas de Informação de Museus: Familiaridade com sistemas de informação de museus (software específico para gestão de acervos) é uma habilidade valiosa, pois muitas instituições dependem dessas ferramentas para organizar e acessar suas coleções.

Línguas Estrangeiras (Opcional):
Proficiência em Inglês e Outros Idiomas: Em contextos internacionais, a proficiência em inglês pode ser requisitada. Em alguns casos, conhecimento de outros idiomas pode ser valorizado, dependendo do enfoque das coleções e do público-alvo.

Networking e Envolvimento Profissional:
Participação em Associações e Eventos: A participação ativa em associações profissionais e eventos da área pode facilitar o networking, proporcionando oportunidades de crescimento e aprendizado contínuo.

Ver mais sobre essa carreira

A Quero Bolsa te ajuda a encontrar sua faculdade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!
Ilustração de uma pessoa com uma coroa na cabeça
  • Você encontra sua vaga e faz a pré-matrícula na hora
  • O desconto da Quero Bolsa é valido até o fim do curso
  • Bolsa garantida ou seu dinheiro de volta