Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Recursos minerais

Giulia Giacomini Kiefer
Publicado por Giulia Giacomini Kiefer
Última atualização: 24/9/2019

Introdução

Recursos minerais, também chamados de minérios, são caracterizados como materiais inorgânicos que ocorrem naturalmente na crosta terrestre, e cuja exploração é economicamente viável.

Os minérios são amplamente utilizados como matéria prima para a elaboração de diversos bens, desde aviões até eletrodomésticos. De igual forma, os chamados recursos minerais energéticos são utilizados para a produção de energia.

Os recursos minerais são divididos em duas categorias: metálicos e não metálicos. Veremos mais à frente no texto suas características e diferenças. 

Pilha de minério de ferro que será utilizado na produção de aço. 

Recursos minerais metálicos

Alguns dos recursos minerais metálicos mais conhecidos e explorados são: alumínio, ferro, manganês, urânio, magnésio, cobre, mercúrio, ouro e prata. A seguir destrinchamos três destes:  

Alumínio (Al)

Obtido a partir da bauxita, o alumínio é uma mistura de óxidos de alumínio formada a partir da decomposição de rochas alcalinas ao longo de milhões de anos. 

O metal tem diversas aplicações econômicas, desde estruturas de veículos de todos os portes até embalagens de alimentos. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de alumínio (sendo o maior estado produtor o Pará, na Serra de Oriximiná), junto com Austrália, China, Guiné e Vietnã. 

Ferro (Fe)

O ferro é utilizado majoritariamente para a produção do aço, que é amplamente utilizado na construção civil e indústria pesada, assim como em bens de uso. As siderúrgicas são responsáveis pela transformação do minério na liga.

O Brasil também é um grande produtor de minério de ferro, ao lado de países como a Austrália, China, Índia e Rússia. A exploração no Brasil ocorre em três principais polos: Quadrilátero Ferrífero (MG), Serra dos Carajás (PA) e Maciço do Urucum (MS). 

Urânio (U)

O urânio é utilizado principalmente na geração de energia nuclear, tanto em usinas nucleares quanto na propulsão de sondas espaciais e veículos de grande porte como submarinos e navios.

Os países que concentram as maiores reservas de urânio são, respectivamente, Austrália, Cazaquistão, Rússia, Canadá e Nigéria. O Brasil possui 5% das reservas de urânio conhecidas no mundo, com jazidas no Nordeste (Ceará, Bahia, Paraíba), Centro-Oeste (Goiás), Sudeste (Minas Gerais) e Sul (Paraná).

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Recursos minerais não metálicos

Alguns dos recursos minerais não metálicos mais conhecidos e explorados são: carvão mineral, água, petróleo, enxofre, fosfatos, nitratos, areia e argila. A seguir destrinchamos três destes:  

Carvão mineral

O carvão mineral é uma rocha sedimentar formada através da decomposição de plantas. Este fenômeno ocorre em basicamente todos os continentes. As alterações climáticas ao longo do tempo possibilitaram a ampla formação de reservas de carvão ao redor do mundo, em diferentes eras geológicas.

Há quatro tipos de carvão mineral que se diferenciam pela sua formação e origem: turfa, antracito, hulha e linhito. Mundialmente, os maiores produtores de carvão mineral são: China, Estados Unidos, União Europeia, Austrália e Rússia. As reservas de carvão mineral brasileiras cuja exploração é economicamente viável estão concentradas nos estados do Sul do país, mas há também a ocorrência de reservas em outros estados do Sudeste e Nordeste. 

Petróleo

petróleo é formado através da decomposição de matéria orgânica acumulada. Quase 70% do petróleo produzido mundialmente é destinado a produção de combustível, enquanto o resto é utilizado na indústria como matéria prima. 

Os países com as maiores reservas de petróleo são, respectivamente, Venezuela, Arábia Saudita, Canadá, Irã e Iraque. Nesse ranking, o Brasil ocupa 15º lugar com a 9º maior exploração mundial deste recurso. A produção de petróleo no Brasil está concentrada no Sudeste (Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo) e Nordeste (Rio Grande do Norte, Bahia, Sergipe).

Água

A água, além de ser algo essencial para a vida humana, é também um recurso mineral importante para a economia mundial. Além do abastecimento para áreas urbanas e rurais (para o uso da população em geral), os setores da indústria e agricultura a utilizam vastamente para produção de bens de consumo e irrigação, respectivamente

Muitos países do Oriente Médio sofrem com o limitado acesso de água, principalmente água potável. Por exemplo, Israel recorre a processos caros de dessalinização da água para garantir o recurso no país. Já o Brasil, além de sua extensa rede hidrográfica, possui em seu território a maior extensão do Aquífero Guarani (aproximadamente 70%), que está também no Uruguai, Paraguai e Argentina. Compõe a maior reserva subterrânea de água doce do mundo. 

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓


Exercícios

Exercício 1
(UFRN/2010)

O Brasil é rico em recursos minerais, condição que está associada ao arcabouço geológico do país. Observe, no mapa a seguir, a área destacada.

A área em destaque corresponde a:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...