logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

Dia do Jornalista: conheça 6 atuações desse profissional

Desde 1931, quando a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) decidiu homenagear o médico e jornalista Giovanni Battista Líbero Badaró, morto por inimigos políticos em 1830, se comemora em 7 de abril o Dia do Jornalista. 

+ Encontre bolsas de estudo de até 80%

atuações do jornalista

Leia mais:
Conheça as 50 melhores faculdades de Jornalismo, segundo o MEC
4 filmes que todo jornalista deve assistir

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), feita pelo Ministério do Trabalho, prevê que os jornalistas:

  • Recolhem, redigem, registram através de imagens e de sons;

  • Interpretam e organizam informações e notícias a serem difundidas, expondo, analisando e comentando os acontecimentos;

  • Fazem seleção, revisão e preparo definitivo de textos a serem divulgados em jornais, revistas, televisão, rádio, internet, assessorias de imprensa e quaisquer outros meios de comunicação com o público.

Com tantas funções, é de se imaginar que esse profissional possa trabalhar em diversas áreas. Se você está interessado pela carreira, vale conferir 6 possíveis atuações de um jornalista.

Veja as possíveis atuações do jornalista

O jornalista tem muitas possibilidades de atuação; ele pode trabalhar com TV, podcasts, blogs, revistas, sites, entre outras. Para se ter ideia da variedade de atuações desse profissional, a Revista Quero listou 6 caminhos que um jornalista pode seguir. Confira abaixo:

1. Reportagem

Quem trabalha com reportagem é responsável por apurar fatos por meio de pesquisas, entrevistas e investigação. Após todo esse trabalho, o repórter precisa traduzir as informações coletadas em texto, vídeo, áudio ou fotos, de forma clara para que o cidadão possa compreender.

Essa é uma das áreas mais dinâmicas do Jornalismo, pois cada entrevistado tem sua particularidade e está num lugar diferente; além disso, as notícias não possuem hora marcada para acontecer.

Saiba mais: Dia do Repórter: 5 motivos para se apaixonar pela profissão

2. Mídias Sociais

No Jornalismo, o profissional responsável pela gestão de conteúdos nas mídias sociais é chamado de social media. Esse profissional está sendo cada vez mais requisitado, uma vez que grande parte das empresas e organizações estão presentes no meio digital.

Como as redes sociais são extremamente dinâmicas, é preciso que o social media esteja sempre se atualizando e se adequando às mudanças de cada mídia. Entre os objetivos dessa área do Jornalismo, estão gerar engajamento e atrair seguidores.

Veja também: Gestor de mídias sociais: tudo o que você precisa saber sobre essa promissora profissão

3. Assessoria de Imprensa

O assessor de imprensa é responsável pela imagem de uma empresa ou organização, tanto interna quanto externa. Além disso, esse profissional deve promover mídia espontânea nos meios que os clientes em potencial utilizam.

Apesar dessa lista se referir aos trabalhos feitos por pessoas formadas em Jornalismo, é válido mencionar que os graduados em Relações Públicas também assumem cargos de assessoria de imprensa.

Confira: Acessoria ou assessoria: como se escreve?

4. Fotojornalismo

O fotojornalista conta uma notícia ou uma informação por meio de imagens. Assim como as palavras, uma foto também pode registrar a história. O fotojornalismo pode estar integrado num texto escrito, mas também pode ser o protagonista de uma notícia.

Jornais, revistas e agências de notícias são alguns exemplos de empresas que contratam fotojornalistas.

Leia também: Por que o Fotodocumentarismo é importante?

5. Checagem

O jornalista que trabalha com checagem de fatos é responsável por averiguar a veracidade das informações que estão circulando, principalmente, na internet. Em outras palavras, esse profissional busca desmistificar as “fake news” que estão sendo compartilhadas como verdadeiras.

Esse é um novo nicho para o jornalismo. Isso porque a internet potencializou o alcance de conteúdos falsos, fazendo com que fosse necessário um profissional destinado a verificar a autenticidade de informações no meio digital.

Veja mais: 10 dicas para identificar Fake News, segundo o Facebook

6. Marketing

O jornalista pode atuar em diversas áreas da comunicação, como o marketing. Nesse caso, o profissional trabalha na parte de redação de textos, desde a produção até a revisão e edição.

Além disso, no marketing, o jornalista pode montar planejamentos e definir estratégias. Com a internet, as oportunidades nesse ramo se ampliaram.

Saiba também: 8 cursos para quem quer trabalhar com Marketing

Quanto ganha um jornalista?

A remuneração de um jornalista depende da atividade que ele exerce e da região em que trabalha. De acordo com as dados do CAGED, levantadas pela Quero Bolsa, um jornalista recebe, em média, R$ 3.361,54. Outras informações que podem interessar são:

  • Maior salário médio por estado: Distrito Federal - R$ 6.736,75;

  • Maior salário médio por especialidade: Diretor de Redação - R$ 25.548,53;

Confira abaixo a tabela completa com cargos e salários médios na área de Jornalismo:

Especialidade Salário médio
Diretor de Redação R$ 25.548,53
Repórter (Exclusive Radio e Televisão) R$ 6.149,00
Assessor de Imprensa R$ 5.949,03
Jornalista R$ 5.379,46
Arquivista Pesquisador (Jornalismo) R$ 5.048,87
Editor R$ 4.911,26
Produtor de Texto R$ 4.138,03
Revisor de Texto R$ 3.343,92

Estou na dúvida sobre Jornalismo, e agora?

Se você ainda está na dúvida sobre a carreira de jornalista, é válido fazer um teste vocacional. Nele, você conseguirá ver se o curso de Jornalismo tem a ver com seus gostos e sua personalidade. Basta clicar no botão abaixo e fazer o teste gratuitamente.

Teste vocacional para Jornalismo

Onde estudar Jornalismo?

Existem faculdades que oferecem o curso de Jornalismo em todo o país. Uma forma de achar instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) com descontos na mensalidade é acessando a Quero Bolsa. Nessa plataforma, há bolsas de estudo de até 80%, sem a necessidade de comprovar renda.

Bolsas de estudo para Jornalismo

A Quero Bolsa tem parceria com mais de 1.000 faculdades. Confira algumas:

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54