Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular

Qual a diferença entre graduação, tecnólogo e curso técnico?

por Adriana Nakamura em 15/02/17 52 mil visualizações

A hora de escolher o que estudar envolve muitas tomadas de decisão, né? É preciso escolher a carreira, decidir a instituição em que vai estudar, se vamos fazer um curso presencial ou a distância, se o turno será o da manhã ou o da noite… Ufa! Quantas opções!

Uma das decisões que precisamos tomar antes de começarmos a estudar é se o curso que vamos fazer será de graduação, graduação tecnológica ou um curso técnico. Mas você sabe quais as diferenças entre eles? A gente pesquisou e vamos te contar agora! Preste atenção nos detalhes e faça a escolha certa para alcançar os seus objetivos! ;)

Basicamente, as principais diferenças entre graduação, tecnólogo e curso técnico são com relação à duração e ao foco profissional. A graduação (nível superior) tem duração média de 4 a 5 anos e oferece a maior quantidade de conhecimento teórico e prático entre os três. O tecnólogo (nível superior) dura de 2 a 3 anos e é uma versão resumida da graduação, com foco no mercado de trabalho. Já os cursos técnicos (nível médio) duram de 2 meses a 3 anos, oferecendo uma formação rápida e focada em áreas profissionais específicas.

Abaixo você pode conferir detalhadamente o que cada tipo de curso oferece. Vamos lá?

Graduação

O curso de graduação do Ensino Superior é ministrado nas modalidades Bacharelado e Licenciatura. Já falamos sobre as diferenças entre elas nesta matéria aqui da Revista QB: Qual a diferença entre Bacharelado e Licenciatura?. Em ambas as modalidades, ao terminar o curso o aluno receberá um diploma de faculdade, de bacharel ou de licenciado. Com o diploma de graduação em mãos, é possível fazer cursos de pós-graduação e MBA.

Os cursos de graduação têm, em média, duração de 4 a 5 anos e oferecem amplo conhecimento teórico e prático da área escolhida. Os cursos são oferecidos em faculdades e universidades (veja aqui a diferença entre faculdade e universidade) em todo o Brasil.

São milhares de opções de cursos, como Direito, Medicina, Enfermagem, Administração, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Arquitetura e Urbanismo e muuuuitos outros, oferecidos nas modalidades Presencial e EaD. (Veja aqui a lista completa de cursos com bolsas de estudo na sua cidade.)

Para entrar em um curso de graduação é preciso ter concluído o Ensino Médio. Então, o candidato precisará participar do processo seletivo da instituição (vestibular), que pode ser substituído pela apresentação da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em algumas instituições.

Formas de ingresso na graduação

Onde fazer graduação?

  • Faculdades
  • Universidades
  • Centros Universitários
  • Institutos Tecnológicos

Tem desconto?

Existem formas de conseguir cursar a graduação com desconto, como estas:

  • Quero Bolsa (bolsas de estudo sem processo seletivo)
  • Prouni (bolsas de estudo para os melhores no Enem)
  • Fies (financiamento para os melhores no Enem)

Graduação Tecnológica (Tecnólogo)

Assim como nos cursos de graduação (bacharelado e licenciatura), os alunos que concluem uma graduação tecnológica do Ensino Superior também recebem um diploma de faculdade, formando-se Tecnólogos.

Os cursos de graduação tecnológica, no entanto, são mais voltados para as demandas do mercado de trabalho e têm duração mais curta, de 2 a 3 anos, e as opções de cursos abrangem as seguintes áreas: apoio escolar; gestão e negócios; hospitalidade e lazer; informação e comunicação; produção cultural e design; produção alimentícia; controle e processos industriais; produção industrial; infraestrutura; ambiente e saúde; recursos naturais; militar; e segurança.

Assim como a graduação tradicional (bacharelado e licenciatura), a graduação tecnológica também forma alunos qualificados a cursarem, posteriormente, pós-graduação e MBA. No entanto, alguns concursos públicos de nível superior restringem a participação a bacharéis e licenciados. Vale dar uma olhada antes de se inscrever, ok?

As graduações tecnológicas são igualmente reconhecidas pelo MEC, tanto na modalidade presencial quanto a distância (EaD).

Para entrar em um curso de graduação tecnológica é preciso ter concluído o Ensino Médio. Então, o candidato precisará participar do processo seletivo da instituição (vestibular), que pode ser substituído pela apresentação da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em algumas instituições.

Formas de ingresso na graduação tecnológica

Onde fazer graduação tecnológica?

  • Faculdades
  • Universidades
  • Centros Universitários
  • Centros Tecnológicos
  • Institutos Tecnológicos

Tem desconto?

Existem formas de conseguir cursar a graduação tecnológica com desconto, como estas:

  • Quero Bolsa (bolsas de estudo sem processo seletivo)
  • Prouni (bolsas de estudo para os melhores no Enem)
  • Fies (financiamento para os melhores no Enem)

Curso Técnico

Curso técnico e tecnólogo são coisas bem diferentes. Como mostramos acima, tecnólogo é o profissional formado em uma graduação tecnológica. Ele tem um diploma de faculdade (Ensino Superior). Já o curso técnico não é de Nível Superior e não dá diploma de faculdade, mas dá direito a um certificado de conclusão do curso técnico de Nível Médio.

Os cursos técnicos podem ser feitos por quem já terminou ou ainda está fazendo o Ensino Médio. Oferecem conhecimento bastante específico sobre o assunto do curso e geralmente são focados em aspectos práticos.

Por terem curta duração - de alguns meses a até 3 anos - podem ser uma solução rápida para entrada no mercado de trabalho, mas não oferecem uma ampla formação na área. 

Formas de ingresso em cursos técnicos

  • Análise de histórico escolar
  • Sisutec (para os melhores no Enem)

Onde fazer cursos técnicos?

Instituições como Senai e Senac são bastante tradicionais quando falamos em cursos técnicos, mas existem muitas outras escolas públicas e particulares que oferecem essa modalidade de ensino.

Tem desconto?

Tags

Cursos

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2017 CNPJ: 10.542.212/0001-54