Advogado previdenciário: tudo sobre a profissão

Aquele que atua na garantia de direitos associados à assistência e à previdência social

Profissional lida principalmente com questões do ramo trabalhista relacionadas à aposentadoria

advogado previdenciário

Sobre a profissão

O advogado previdenciário é o profissional que atua em casos relacionados à concessão de aposentadorias, pensões e benefícios previdenciários em geral. Esses casos, normalmente, estão vinculados a problemas relacionados a idade, morte e doenças, e são revertidos em pedidos para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Trata-se de um profissional essencial para pessoas em processo de pedido de aposentadoria, pensão por invalidez ou pensão por morte, uma vez que ele consegue verificar quais são os benefícios previdenciários mais vantajosos para seu cliente.

O advogado previdenciário acompanha todas as etapas da concessão de pensões e benefícios. Ele pode trabalhar tanto como consultor especializado na área quanto na condução dos processos em si.

Entre suas tarefas gerais, estão: solicitação de aposentadoria de todos os tipos (por idade, por invalidez etc.); solicitação de pensão por morte; pedidos de auxílio em razão de eventos extraordinários, como afastamento por doença ou acidente; encaminhamento dos pedidos nas esferas judiciais; cálculo de tempo de serviço e status das contribuições tributárias para o INSS.

O salário médio de um advogado previdenciário no país é de R$ 5.711,55, de acordo com dados de 2021 do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

O advogado previdenciário pode atuar em escritórios de advocacia especializados no ramo.

Por que ser um Advogado previdenciário?

Panorama em
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Não era isso que você esperava?

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Advogado previdenciário

    Como se tornar um Advogado previdenciário?

    Para se tornar um advogado previdenciário, é necessário graduar-se em Direito e conseguir registro profissional por meio da prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Além disso, é importante obter experiência na área de Direito Previdenciário, o que pode ocorrer por meio de pós-graduação ou atuação profissional. Se você gostaria de se profissionalizar como Advogado Previdenciário e, ainda, fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Direito, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão? 🤔

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Ciências Sociais e Humanas

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.