Informações

Psiquiatra

O médico especializado em distúrbios mentais é o psiquiatra, que trata o paciente com medicamentos ou psicoterapia

O que faz um psiquiatra

O psiquiatra é o médico especializado pelo estudo, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação de pacientes que sofrem com distúrbios mentais orgânicos ou funcionais, como depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, demência e transtornos de ansiedade. Para garantir a saúde e bem-estar psíquico do paciente, o psiquiatra deve realizar um diagnóstico completo, considerando as perspectivas biológicas, genéticas, psicológicas e culturais, para então aplicar o tratamento melhor indicado, seja pelo uso de medicamentos ou por meio da psicoterapia.

Para o diagnóstico e tratamento das patologias e distúrbios, o psiquiatra poderá realizar exames físicos e solicitar análises laboratoriais, além de procedimentos como eletroencefalograma, tomografia e ressonância magnética. O médico psiquiatra avalia o paciente em busca das causas da perturbação mental diagnosticada.

O psiquiatra pode atuar em conjunto com outros profissionais, como o neurologista, que irá diagnosticar a tratar problemas do sistema nervoso, e o psicólogo, que foca no autoconhecimento do paciente para que ele consiga conviver com suas dificuldades e distúrbios.

Como se tornar um psiquiatra

Além do diploma em curso superior de Medicina aprovado pelo MEC, o psiquiatra precisa cumprir integralmente a Residência Médica na área ou concluir uma Especialização de três anos em Psiquiatria. Após a formação, o psiquiatra deve ser aprovado em uma prova específica da Associação Brasileira de Psiquiatria. Para exercer a profissão, o psiquiatra também precisa estar inscrito no Conselho Regional de Medicina do estado onde atua.

Áreas de atuação

O psiquiatra pode trabalhar na rede pública, privada ou terceiro setor, em hospitais, clínicas, centros de saúde, asilos, ONGs etc. Também pode abrir seu próprio consultório médico ou atuar em instituições de ensino e pesquisa.

O médico psiquiatra também pode se especializar em algumas áreas de atuação, como a Pedopsiquiatria, focada na infância e adolescência, Psicogeriatria, focada na terceira idade, Psiquiatria Forense e Psicoterapia.