logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Arqueólogo: tudo sobre a profissão

Aquele que investiga culturas e civilizações antigas por meio do estudo de vestígios. Carreira permite o trabalho com escavação de sítios arqueológicos e atuação em instituições públicas e privadas de muitos tipos
arqueólogo

Sobre a profissão

O trabalho do arqueólogo é estudar e investigar a cultura e as civilizações humanas em seu passado, por meio da análise de vestígios materiais.

Ele trabalha na escavação de sítios arqueológicos que contenham objetos, marcas e registros relacionados às sociedades que ali existiram, e com seus conhecimentos de história consegue expandir teorias e pesquisas sobre as civilizações estudadas.

A rotina do arqueólogo é baseada na busca e investigação de artefatos arqueológicos, com base em método científico, para traçar a evolução das culturas e das sociedades com a observação de utensílios, armas, itens de decoração, ferramentas diversas, além de quaisquer tipos de marcas de ocupação humana que tenham deixado registros no meio.

No dia a dia do trabalho com o sítio arqueológico, esse profissional cataloga os objetos encontrados, realiza pesquisas relacionadas a ele, desenvolve teorias a respeito das descobertas encontradas, entre outros. Em geral, trabalha em equipes multidisciplinares, com a presença de historiadores, antropólogos, biólogos, paleontólogos, químicos, entre outros.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, o salário médio do arqueólogo no Brasil é de R$ 3.136,53.

O arqueólogo pode trabalhar como pesquisador acadêmico em universidades e institutos de pesquisa, em instituições públicas que atuam com a preservação do patrimônio cultural, como o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), além de museus e outros ambientes de promoção e preservação cultural.

Outros tipos de empresa, como de engenharia, construção civil, geologia e urbanização podem contratar arqueólogos para trabalhar na preparação de empreendimentos, verificando a preservação do local e oferecendo consultoria arqueológica.

Por que ser um Arqueólogo?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Arqueólogo

    Como se tornar um Arqueólogo?

    O arqueólogo deve ter formação na área, a nível graduação ou pós-graduação. Profissionais das áreas de História, Antropologia e cursos correlatos também encontram espaço de atuação na área se desejam se especializar. Para buscar trabalho, é necessário procurar emprego nas empresas e instituições que buscam esse tipo de profissional, ou prestar concurso para os cargos públicos relacionados.

    Se você gostaria de se profissionalizar como arqueólogo e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudos em Arqueologia, veja as ofertas de cursos disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Ciências Sociais e Humanas

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.