Engenheiro de energia: tudo sobre a profissão

Profissional que atua na gestão de recursos e possui conhecimento sobre alternativas para aprimoramento energético

Além das empresas do setor energético, o profissional poderá trabalhar em no setor público ou privado, em consultorias, validações técnicas e no setor educacional.

engenheiro de energia

Sobre a profissão

O engenheiro de energia possui conhecimento sobre distribuição, geração e meios de transmissão de energia. A atuação deste profissional também abrange conhecimentos sobre materiais, e a pesquisa destes materiais, que otimizam ou regridem o processo de condução energética. O engenheiro de energia poderá trabalhar com energias renováveis - ou não renováveis - e, dentro desta possibilidade, o profissional possui conhecimento para prestar serviços às empresas correlacionadas ao setor energético. Por exemplo, as empresas petrolíferas e petroquímicas.

O engenheiro de energia atua na gestão de recursos energéticos e possui conhecimento sobre alternativas de aprimoramento da eficiência da energia. A sua atuação está atrelada aos quesitos sociais e ambientais, principalmente, se relembrarmos a necessidade de energias limpas e renováveis para a população em geral. Por fim, vale destacar que este profissional pode atuar no desenvolvimento de equipamentos e no aprimoramento de sistemas de conversão de energia.


De acordo com o portal de recrutamento Glassdoor, o salário médio nacional de um Engenheiro de Energia é de R$10.838 no Brasil.

O engenheiro de energia pode atuar em empresas do setor energético e, dentre as ações do profissional, ele poderá trabalhar na implantação de sistemas de abastecimento energético, no desenvolvimento de novas tecnologias e equipamentos, além de desempenhar funções no processo de distribuição energética para as localidades.


O profissional poderá atuar no meio acadêmico e na atribuição de aulas. Além disso, o engenheiro de energia poderá trabalhar em pesquisas comandadas por instituições de ensino. Por fim, este profissional estará apto para fazer consultorias e validações técnicas para empresas.

Por que ser um Engenheiro de energia?

Panorama em
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Não era isso que você esperava?

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro de energia

    Como se tornar um Engenheiro de energia?

    Para se tornar um engenheiro de energia, o(a) candidato(a) deve concluir a graduação ou pós-graduação de um curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A duração do curso é de 5 anos ou 10 semestres. Sobre a trajetória acadêmica, a tendência é que as disciplinas básicas sejam atribuídas aos estudantes nos primeiros semestres do curso, por exemplo, Matemática, Física ou Química. Posteriormente, as disciplinas ficam mais direcionadas e específicas ao corpo discente, por exemplo, aulas sobre Gestão Energética, que podem ser pautadas para os alunos. 


    Se você gostaria de se profissionalizar na área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia de Energia, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa. Além disso, não deixe de conferir as ofertas das bolsas de estudo em Engenharia Elétrica na QB.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão? 🤔

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Engenharia e Produção

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.