Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Design

Saiba tudo sobre o curso de Design e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Design no notebook
Média Salarial: R$ 3.036,23
Duração: de 2 a 4 anos
Bolsas: a partir de R$ 200,00
Ver bolsas de até 94%

Sobre o curso de Design

Última atualização: 15/04/2024

O design é o processo de criar um plano, projeto ou conceito. É o processo de desenvolver uma intenção, criar um cenário futuro e executar a concepção e o planejamento para tornar aquilo realidade.

A faculdade de design abrange vários campos, incluindo design gráfico, design de produto, design de interação e design de serviço.

Os estudantes podem aprender sobre o processo de design, a importância da comunicação eficaz e a criação de protótipos. Eles podem aprimorar suas habilidades com ferramentas de design, como Adobe InDesign, Photoshop, Illustrator e muito mais.

Os estudantes também aprendem sobre as tendências atuais e as técnicas de design. A faculdade também oferece aos estudantes um vislumbre do mundo profissional. Eles aprendem sobre como trabalhar como designers freelancers, encontrar trabalhos remotos e como se destacar no mercado de trabalho.

De acordo com os dados do Censo da Educação Superior 2022, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em outubro de 2023, no último ano, 1.871 novas ofertas para o curso de Design foram criadas no país em instituições da rede pública.

Nesta edição do Sisu (2024), 1089 vagas estão sendo ofertadas para o curso de Design, em 30 instituições públicas de todo o país. Os estudantes que desejam concorrer ao ingresso, devem aplicar a nota do Enem 2023 no programa, que abre suas inscrições no dia 22 de janeiro.

Em relação ao mercado profissional, está em trâmite, na Câmara dos Deputados, um projeto de lei que regula a profissão de designer. O PL 3055/2019 disponibilza as diretrizes profissinais da área, atribuindo as responsabilidades dos designers, registro, fiscalização entre outros aspectos que se referem à carreira. O projeto está em discussão e pode avançar ainda em 2023.

Os tipos de formação para o curso de Design são: bacharelado , tecnólogo , pós-graduação e técnico .

Como é o curso de Design?

Os cursos de Design podem ser divididos em várias áreas e realizados como Design Gráfico, Design de Produto, Design de Games, Design de Moda ou até mesmo Design de Interiores.

O design gráfico é uma área do design que se concentra na criação de soluções visuais para comunicar uma mensagem ou ideia. Ele envolve o uso de elementos visuais como tipografia, cores, imagens e layouts para criar peças gráficas como logotipos, cartazes, panfletos, sites, entre outros.

O profissional dessa área, denominado de designer gráfico, é responsável por criar soluções visuais que atendam às necessidades de comunicação de um projeto ou cliente. Isso inclui a criação de logotipos e marcas

Além do bacharelado em Design, que tem duração média de quatro anos, existem também opções de cursos tecnológicos na área, que podem durar, em média, dois anos.

As disciplinas do bacharelado costumam envolver as áreas gráfica e de produto, com o estudo de informática, desenho técnico, fotografia, ilustração e marketing. Na maioria dos cursos, o estágio e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios.

O curso pode ser desenvolvido de forma presencial ou a distância. Na faculdade de Design EaD, os alunos dispõem de liberdade para estudar a área do design de forma flexível e acessível. Para isso, o curso utiliza plataformas online para aulas remotas, além de materiais didáticos e atividades digitais.

Se você quiser conferir quais são os melhores cursos de Design com as melhores avaliações no país, não deixe de conferir o Guia da Faculdade - Quero Educação | Estadão. O Guia é uma pesquisa de opinião acadêmica que ouviu mais de 9.500 professores universitários sobre a qualidade dos cursos superiores oferecidos em todos os estados do Brasil.

Sobre o curso de Design, confira as melhores avaliações desta área e de cursos correlatos, como Design Gráfico, Design de Moda e Design de Produto.

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Qual a grade curricular de Design?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Design em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Computação Gráfica Aplicada ao Design

  • Cultura Brasileira

  • Desenho de Ilustração e Rendering

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Design?

Na faculdade de design, os alunos aprendem a criar projetos visuais que sejam estéticamente agradáveis e funcionais. O design é um processo criativo que se baseia em princípios fundamentais, incluindo o uso de elementos visuais, como cores, formas, texturas e imagens, para criar projetos que sejam eficazes e atraentes.

Durante a faculdade, os alunos desenvolvem habilidades fundamentais de design, como a compreensão dos princípios básicos de design, a criação de projetos visuais, a análise de tendências e o uso de técnicas específicas. Os alunos também aprendem sobre diferentes áreas de design, como publicidade, gráficos, web design, editoração e produção de vídeo.

Além disso, os alunos também exploram os conceitos de modelagem 3D, animação, realidade virtual e projetos de jogos. As faculdades de design também ensina aos alunos a trabalhar com programas de design gráfico e web, como Adobe Photoshop, Illustrator, InDesign e Dreamweaver. Os alunos também aprendem técnicas de codificação, como HTML, CSS e JavaScript, para criar sites e aplicativos profissionais.

Além do conhecimento técnico adquirido no curso, os alunos também aprendem sobre os princípios do design, como equilíbrio, proporção, contraste, hierarquia e harmonia. Estes princípios orientam os alunos a criar projetos que sejam eficazes e atraentes. Os alunos também aprendem sobre as ferramentas e recursos disponíveis para eles, como fontes de imagens, ícones e materiais de design.

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), a grade curricular da graduação em Design deve contemplar conteúdos básicos, específicos e teórico-práticos.

Dentre os conteúdos básicos, estão o estudo da história e das teorias do Design em seus contextos sociológicos, antropológicos, psicológicos e artísticos. Somam-se o aprendizado sobre materiais, processos, gestão e relação com o mercado.

Devem abranger também os métodos e técnicas de projetos, os meios de representação, a comunicação e a informação e como se relacionam o usuário, o objeto e o meio ambiente.

Nos conteúdos específicos, entram as disciplinas focadas nas produções que a habilitação permite o estudante trabalhar. Nos teórico-práticos, o aluno fará a integração do que estudou com sua aplicação prática.

Veja também: A grade curricular do curso superior de Design, no site da Quero Bolsa.

Quanto custa uma faculdade de Design?

Veja descontos de até 85% em 16.823 ofertas para o curso de Design. As mensalidades com bolsas de estudo variam entre R$33,37 e R$2.725,53, em instituições parceiras da Quero Bolsa.

Caso você tenha dúvidas se esse curso é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Procure o curso de Design ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 200,00 entre as 1.465 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Design

O que faz o profissional de Design?

O designer concebe e desenvolve obras de arte e projetos de design. Também pode elaborar e executar projetos de restauração e conservação preventiva de bens culturais.

O profissional ainda realiza pesquisas, elabora propostas e divulga suas obras de arte, produtos e serviços.

De acordo com a página da profissão, o designer também está apto ao trabalho com montagem e ilustração de peças de comunicação visual. As peças podem ser observadas em propagandas, comunicados, fachadas, adesivagem e quaisquer tipos de expressões visuais. O profissional também poderá atuar com a criação de marcas, fontes, embalagens, infográficos para jornais e/ou revistas, criação de logotipos e marcas.

Ou seja, a versatilidade é a marca deste profissional e a grade curricular do curso de Design retrata fielmente esta pluralidade. Matérias e/ou conteúdos sobre Grafia, Marketing, Produção Sonora, Antropologia e Moda.

De acordo com a página de salários da Quero Bolsa, o salário médio de um designer no Brasil é de R$2.756,90 e o maior salário médio por estado é encontrado no Distrito Federal, com média de R$3.7070. 27, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do ano de 2021.

Onde o profissional de Design pode trabalhar?

Um designer é uma pessoa que cria projetos de design para produtos ou serviços que atendam às necessidades dos clientes. O trabalho envolve muitas habilidades e conhecimentos, incluindo arte, design gráfico, programação de computadores, tecnologia, marketing e comunicação.

Primeiramente, um designer precisa entender os requisitos do cliente e trabalhar para criar um design que atende às suas necessidades.

O profissional pode usar muitas ferramentas e técnicas diferentes, desde usar software especializado, como Photoshop ou Illustrator, até criar esboços à mão. A criação de protótipos e modelos é também essencial para demonstrar o design ao cliente.

Outra área importante de trabalho de um designer é a pesquisa e o desenvolvimento. Os designers precisam analisar o mercado para entender o que os clientes querem e o que eles estão dispostos a pagar. Eles precisam entender as tendências de design e desenvolver soluções criativas que sejam inovadoras e diferenciadas.

Além disso, os designers geralmente trabalham em equipe com outros profissionais, como desenvolvedores, programadores e engenheiros. É importante que eles trabalhem em estreita colaboração para garantir que todos os elementos do projeto sejam integrados corretamente.

Esses profissionais também precisam gerenciar seu tempo eficientemente para garantir que todos os projetos sejam concluídos dentro dos prazos estabelecidos.

Veja também: O Guia de Profissões da Quero Bolsa! São mais de 350 páginas sobre as diversas possibilidades profissionais do mercado de trabalho. Sobre a área, você poderá conferir detalhes sobre as profissões de: designer, designer de interiores e outras profissões.

Ainda sobre o Guia de Profissões, confira outras carreiras profissionais que pertencem - ou são correlatas - à área de Design:

O que significa design ou designer?

Design é um termo multifacetado que abrange a concepção, planejamento e criação de objetos, produtos, sistemas, interações e experiências com o objetivo de atender às necessidades humanas de forma funcional, estética e sustentável.

Um designer é alguém que pratica essa disciplina, aplicando sua criatividade, habilidades técnicas e conhecimento específico para resolver problemas e criar soluções inovadoras. Os designers podem trabalhar em uma variedade de campos, incluindo design gráfico, design de produtos, design de interiores, design de moda, design de experiência do usuário (UX) e design de interface do usuário (UI), entre outros.

Em essência, o design e os designers desempenham um papel crucial na forma como interagimos com o mundo ao nosso redor, moldando produtos e experiências que influenciam nossa vida diária.

Quais são as áreas de design?

As áreas de design são vastas e abrangem uma ampla gama de disciplinas e especializações. Alguns dos principais campos de design incluem:

Design Gráfico:

Envolve a criação de elementos visuais, como logotipos, embalagens, identidades de marca, materiais de marketing e mídia digital.

Design de Produto:

Concentra-se na criação de produtos físicos, desde eletrônicos e móveis até utensílios domésticos e equipamentos esportivos, com ênfase na funcionalidade, estética e usabilidade.

Design de Interiores:

Preocupa-se com a concepção e organização de espaços internos, visando a otimização do layout, decoração, iluminação e escolha de materiais para criar ambientes funcionais e esteticamente agradáveis.

Design de Moda:

Envolvendo a criação de roupas, calçados e acessórios, desde o conceito inicial e o design das peças até a seleção de materiais, padrões e técnicas de produção.

Design de Experiência do Usuário (UX):

Focado na experiência geral do usuário ao interagir com produtos, aplicativos ou sistemas, visando torná-los intuitivos, eficientes e agradáveis de usar.

Design de Interface do Usuário (UI):

Relacionado à aparência visual e à interação dos elementos em interfaces digitais, como sites, aplicativos móveis e software, com foco na usabilidade e na comunicação eficaz.

Design de Serviços:

Centrado na criação de experiências integradas ao longo de toda a jornada do cliente, envolvendo a concepção e a entrega de serviços que atendam às necessidades e expectativas dos usuários.

Design de Comunicação:

Engloba diversas formas de comunicação visual, como design editorial, ilustração, tipografia e design de embalagens, visando transmitir mensagens claras e impactantes.

Veja também: Todos os detalhes sobre o curso de Design Digital no site da Quero Bolsa.

Quanto ganha um profissional de Design?

O salário médio de um Designer no Brasil é de R$ 3.036,23 . Os estados onde a profissão de Designer têm os melhores salários são DF, SP e RJ.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Design?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Design?

Para poder atuar profissionalmente como designer, é necessário formação em curso superior tecnológico ou bacharelado reconhecido pelo MEC.

O mercado de trabalho para um designer é cada vez mais exigente. Para se destacar como designer, é necessário ter conhecimento de diversas áreas, como programação, design de interface, design de mídia social, design gráfico e muito mais.

Além disso, é importante ser versátil e conseguir trabalhar em diferentes projetos com diferentes tipos de design. Os designers também precisam ter conhecimento de ferramentas de design, como Adobe Creative Cloud, Sketch, InDesign e muitas outras.

A versatilidade também é essencial, pois os designers precisam estar abertos a trabalhar em diferentes plataformas. Outra exigência do mercado de trabalho para o designer é ter um bom conhecimento de usabilidade e experiência do usuário. Os designers precisam conhecer e aplicar princípios de usabilidade para criar experiências de usuário que sejam intuitivas e atraentes.

Os graduados em Design também precisam ter conhecimento de tendências de design e estar atualizados com o que está acontecendo no mercado. Os designers precisam estar sempre em busca de inspiração e conhecer as tendências atuais para criar designs inovadores.

Caso você tenha dúvidas sobre o curso de Design ou profissões nesta área, faça o seu questionamento na Comunidade Quero. A Comunidade Quero é um ambiente para troca de conhecimento, onde você pode tirar suas dúvidas e ajudar outros integrantes da Comunidade com as dúvidas sobre o curso.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Design?

As principais características do profissional de Design, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Interação com outras linguagens (ilustração, multimídia, etc.);
Capacidade de percepção;
Atenção;
Interação com instituições e profissionais da área;
Habilidade manual;
Habilidade motora fina;
Acuidade visual;
Criatividade;
Capacidade de síntese;
Cumprimento de normas e procedimentos de segurança;
Afinidade com novas tecnologias;
Coordenação de equipes;
Trabalho em equipe;
Capacidade de imaginação espacial.

Nota de corte para Design

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Design foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Design
Está com dúvidas sobre Design? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Design

Tipo de Pergunta
Recentes