Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

7 revoltas da história do Brasil que podem cair no Enem

por Giovana Murça em 07/05/21

Atualizado em 01/06/2021

Na história do Brasil, ocorreram diversas revoltas, isto é, manifestações de grupos sociais e políticos a favor de seus interesses e contra o autoritarismo do governo e a marginalização social e política.

Reprodução/Memórias da Ditadura
revoltas enem
Jovem picha a fachada do Teatro Municipal do Rio durante a Passeata dos 100 mil contra a Ditadura Militar, em 1968

Por vezes, como o nome sugere, as revoltas são movimentos mais violentos, motivados por sentimentos de raiva, indignação e injustiça. Em geral, elas também têm caráter mais regional.

Diferente do processo de revolução, que implica numa completa mudança no contexto social, político, econômico ou cultural, as revoltas populares nem sempre atingem seus objetivos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Como as revoltas são cobradas no Enem?

De acordo com a professora Rafaela Mateus, autora de História do Sistema de Ensino pH, desde 2018, se tornou recorrente a abordagem sobre revoltas nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principalmente sobre aquelas ocorridas no Brasil entre os séculos XIX e XX.

“Geralmente, elas são abordadas a partir de uma situação-problema. Ou seja, não é necessário ter o domínio de detalhes sobre a revolta, mas compreendê-la a partir do contexto a qual está inserida”, explica Rafaela.

Em relação às questões sobre revoltas populares no Enem, a professora Rafaela destaca: “A análise dessas questões demonstra a importância de se compreender esses episódios a partir de uma perspectiva baseada na relação sociedade e Estado”.

Outro aspecto ressaltado pela professora e que merece a atenção dos estudantes é a postura adotada pelo governo da época. “Embora muitos dos episódios revoltosos tenham suas demandas atendidas, de certa maneira, a repressão ao movimento é uma prática comum, adotada pelos governos de diferentes períodos da História do Brasil”, justifica.

7 revoltas da história do Brasil que podem cair no Enem

Para te ajudar a se preparar para o Enem, a Revista Quero listou 7 possíveis revoltas populares que podem cair no Enem, elencadas pela professora Rafaela. Confira!

Revoltas estudantis no Brasil e no mundo em 1968

O ano de 1968 foi marcado pela onda de manifestações e protestos do movimento estudantil contra posturas conservadoras da época. Iniciado pelas universidades de Paris, logo o movimento se espalhou pelo mundo e chegou ao Brasil, que vivia sob ditadura militar.

Agência Globo/Memórias da Ditadura
revoltas enem
As atrizes Eva Todor, Tônia Carrero, Eva Wilma, Leila Diniz, Odete Lara e Norma Bengell em 1968, durante a passeata dos cem mil, em protesto contra a ditadura militar no Brasil, no Rio de Janeiro

Os movimentos tinham como pano de fundo a violência da Guerra do Vietnã, o autoritarismo soviético na Primavera de Praga, as ditaduras no Brasil e na América Latina, a descolonização na África, as lutas pelos direitos civis da população negra nos Estados Unidos, entre outros.

Foi um período de efervescência social, iminência de ideais revolucionários e expressões contraculturais, que pautou temas como uso político do corpo, liberdade de expressão, não-violência, meio ambiente e liberdade sexual.

Leia mais no Manual do Enem: Maio de 1968

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Revolta dos 18 do Forte

A Revolta dos 18 do Forte de Copacabana, ocorrida em 1922 na então capital do país, Rio de Janeiro, foi a primeira revolta do Movimento Tenentista. O movimento composto por jovens tenentes do exército reivindicava o fim do poder das oligarquias cafeeiras, que caracterizavam a República Velha.

Os revoltosos do forte de Copacabana dispararam canhões contra vários redutos do exército e sofreram forte repressão militar. No dia seguinte, cerca de 18 rebeldes que ainda resistiam abandonaram o forte e saíram marchando pela orla de Copacabana, na chamada “marcha para a morte”. Os registros da época divergem sobre o número de revoltosos presos, mortos e feridos.

Reprodução/Wikimedia Commons
revoltas enem
Os tenentes revoltosos em sua "marcha para a morte"

Leia mais no Manual do Enem: Movimento Tenentista
+ Primeira República (República Velha)

Revolução de 1932

A chamada Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento das elites do estado de São Paulo contra o governo de Getúlio Vargas, que subiu ao poder após o golpe de 1930. Os paulistas haviam apoiado Vargas para que ele convocasse as eleições da Assembleia Constituinte, para eleger um novo presidente. Mas, a promessa não se cumpriu.

Em maio de 1932, os paulistas descontentes realizaram uma manifestação a favor das eleições, no centro de São Paulo. O ato foi duramente reprimido pelas autoridades e terminou com a morte de quatro estudantes: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo. As iniciais dos jovens M.M.D.C. se tornaram símbolo do movimento.

Reprodução/Wikimedia Commons
revoltas enem
Cartaz do MMDC convocando o povo paulista para a revolta armada

Neste contexto, os paulistas mobilizaram a população e montaram uma tropa armada. Foram quase 90 dias de combate contra as forças do governo até que os paulistas se rendessem. Apesar da derrota militar, o movimento conseguiu atingir seus objetivos políticos.

Estude mais no Manual do Enem: Era Vargas
+ Revolução de 1930

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Guerra de Canudos 

A Guerra de Canudos foi uma das maiores guerras civis da história do Brasil, ocorrida entre 1896 e 1897, no sertão da Bahia. O movimento era popular e também messiânico, já que seu líder, Antônio Conselheiro, se considerava um enviado de Deus para salvar o povo nordestino.

Reprodução/Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco
revoltas enem
Antônio Conselheiro e seus seguidores

Em meio à miséria, milhares de pessoas passaram a seguir Antônio Conselheiro, que pregava por melhores condições de vida, sendo contra o poderio dos coronéis e os impostos republicanos.

As ideias de Antônio Conselheiro contra a República se difundiram entre as autoridades baianas. Temendo as ideias monarquistas dos integrantes de Canudos, o governo enviou expedições armadas para desmontar a comunidade. A repressão violenta da República deixou cerca de 25 mil mortos.

Veja mais no Manual do Enem: Guerra de Canudos
+ Primeira República

Revolta dos Malês

No contexto da escravidão, várias revoltas de negros escravizados ocorreram em Salvador, a então capital do Brasil Colônia. Entre elas, se destaca a Revolta dos Malês, em 1835, considerada a maior revolta de escravos da história brasileira. Organizada por negros de origem islâmica, os chamados de malês, eles visavam não só a liberdade, mas também eram contra a imposição da religião católica. 

Reprodução/Internet
revoltas enem
Ilustração da Revolta dos Malês, em 1835

Reunindo cerca de 1500 negros, o movimento arrecadou dinheiro para comprar armas e planejava atacar o quartel da cidade, mas foi denunciado às autoridades. Mesmo assim, os malês tentaram seguir com o plano, que acabou com o massacre do movimento pelas tropas da Guarda Nacional.

Estude mais no Manual do Enem: Brasil Colônia
+ Escravidão no Brasil

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Inconfidência Mineira

A Inconfidência Mineira foi um movimento emancipacionista, elitista e republicano que aconteceu em Minas Gerais, em 1789, durante o Período Colonial. A população estava descontente com as determinações da metrópole portuguesa, que cobrava altos impostos, como o Quinto e a Derrama, e proibiu a produção industrial no Brasil.

Importantes figuras das cidades extratoras de ouro em Minas Gerais articularam a revolta. Entre eles, o alferes e pequeno minerador, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Influenciados pelo Iluminismo francês e pela Independência dos Estados Unidos, os revoltosos pretendiam não só libertar o Brasil do domínio colonial português, mas também proclamar a República no Brasil.

Reprodução/Wikimedia Commons
revoltas enem
Tiradentes esquartejado (Pintura de Pedro Américo, 1893)

A revolta foi reprimida pelo governo antes mesmo de acontecer, pois os inconfidentes foram traídos por um de seus integrantes. Pertencentes à elite, a maioria dos líderes do movimento acabou exilada na África. Mas, Tiradentes foi sentenciado à pena de morte e acabou enforcado, esquartejado e teve seus membros expostos em praças públicas da região de Minas Gerais.

Estude mais no Manual do Enem: Inconfidência Mineira
+ Brasil Colônia

Conjuração Baiana 

A Conjuração Baiana ou Conjuração dos Alfaiates foi um movimento republicano, separatista e abolicionista, que aconteceu na cidade de Salvador, em 1798. Revoltados pelos impostos cobrados pela metrópole portuguesa e a falta de alimentos, o movimento uniu brancos, mestiços, negros livres e escravizados de diversas profissões.

Inspirados pelas ideias iluministas da Revolução Francesa e as ideias abolicionistas da Revolução Haitiana, o movimento queria a independência da Bahia, o fim da escravidão e melhores condições de vida para a população.

Reprodução/Revista Caros Amigos
revoltas enem
Líderes da revolta que foram condenados à morte

Assim como ocorreu na Inconfidência Mineira, a revolta não chegou a acontecer de fato. A distribuição de folhetos do movimento pela cidade alertou as autoridades, que iniciaram uma investigação. Entre dezenas de pessoas presas, quatro líderes foram decapitadas e esquartejadas, tendo suas partes expostas pela cidade.

Estude mais no Manual do Enem: Brasil Colônia
+ Escravidão no Brasil

Plano de estudos Enem De Boa 2021

Ainda não começou a estudar para o Enem 2021? Para te dar uma força, o Quero Bolsa criou o Plano de Estudo Enem De Boa 2021, em parceria com o cursinho Se Liga! O Enem De Boa é um cronograma de estudos de maio até a data do Enem. E o melhor: totalmente gratuito. Baixe o seu plano do mês agora:

Baixar plano Enem De Boa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54