Advogado do consumidor: tudo sobre a profissão

Aquele que defende direitos e deveres associados a relações de compra e consumo

Profissional atua com base no Código de Defesa do Consumidor

advogado do consumidor

Sobre a profissão

O advogado do consumidor, ou advogado consumerista, é o profissional responsável pela defesa dos interesses de seus clientes no que diz respeito a relações comerciais de compra e consumo. Ele pode defender tanto os clientes quanto os fornecedores das mercadorias de consumo.

Trata-se de uma área em que, com frequência, há acordos extrajudiciais - por isso, não é sempre que este profissional atua em casos litigiosos, servindo muitas vezes como um mediador.

O advogado do consumidor atua em processos litigiosos e não litigiosos, defendendo os interesses de seus clientes dentro e fora dos tribunais. Ele também atua, frequentemente, como consultor para clientes e fornecedores, apoiando na elaboração de contratos e documentos relacionados a direitos do consumidor. Outra possibilidade para o advogado do consumidor é garantir o cumprimento de medidas judiciais e extrajudiciais, como indenizações.

A base para seu trabalho é o Código de Defesa do Consumidor. Porém, ele também deve ter conhecimento sólido em outros códigos e legislações pertinentes aos direitos do consumidor.

O salário médio de um advogado do consumidor no país é de R$ 6.142,45, de acordo com dados de 2021 do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

O advogado do consumidor pode trabalhar em escritórios especializados em Direito do Consumidor, e também em órgãos administrativos relacionados às relações entre consumidores e fornecedores, como o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Por que ser um Advogado do consumidor?

Panorama em
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Não era isso que você esperava?

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Advogado do consumidor

    Como se tornar um Advogado do consumidor?

    Para se tornar um advogado do consumidor, é necessário graduar-se em Direito e conseguir registro profissional por meio da prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). É válido também obter experiência na área de direito do consumidor por meio de uma pós-graduação, ou de atuação profissional comprovada. Se você gostaria de se profissionalizar como Advogado do Consumidor e, ainda, fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Direito, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão? 🤔

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Ciências Sociais e Humanas

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.