logo

  • Lista de faculdades
  • Lista de cursos
  • Lista de profissões
  • Revista Quero
  • Central de ajuda

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Engenheiro de alimentos: tudo sobre a profissão

Aquele que cuida da fabricação, conservação e armazenamento de alimentos. Aumento de consumo de produtos industrializados influencia crescimento de procura por esse tipo de profissional
engenheiro de alimentos

Sobre a profissão

O engenheiro de alimentos é o profissional responsável por fabricar, conservar, armazenar e transportar alimentos fabricados em indústria, principal local de trabalho do especialista.

O engenheiro de alimentos é quem seleciona as matérias-primas e os sistemas de armazenamento de alimentos tanto de origem vegetal quanto animal, prezando pela qualidade e segurança do produto final.

As indústrias do setor alimentício são, sem dúvida, o principal campo de atuação desse profissional, mas ele pode ser demandado também por indústrias fornecedoras de equipamentos, embalagens e aditivos.

Cabe ao engenheiro de alimentos em sua rotina de trabalho avaliar e acompanhar  a produção de alimentos industrializados, assim como criar novos produtos e desenvolver diferentes fórmulas, como buscar a cor, o sabor, o valor nutricional, a textura e a consistência daquilo que é produzido de forma industrial. Atualmente, o profissional enfrenta um mercado de trabalho em que há muitas oportunidades, que são ocasionadas pelas mudanças de hábito na alimentação das pessoas com o aumento de produtos industrializados.

Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nesta importante escolha profissional.

Quem mais emprega o engenheiro de alimentos atualmente, sem dúvidas, ainda é a indústria alimentícia. 

Mas, o profissional é bastante requisitado em indústrias fornecedoras de equipamentos, aditivos e embalagens, bem como em redes de grandes restaurantes ou até mesmo linhas de produção industrial de supermercados.

Além de trabalhar na produção industrial, o engenheiro de alimentos pode encontrar trabalho em outros ramos, como a fiscalização dos padrões de qualidade alimentares, a consultoria alimentar, a automação de processos, o tratamento de resíduos (como descarte, reciclagem e reaproveitamento) e até mesmo no setor mais técnico de vendas e marketing. 

Por que ser um Engenheiro de alimentos?

Panorama no estado de:
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro de alimentos

    Como se tornar um Engenheiro de alimentos?

    Aquele que deseja se tornar um engenheiro de alimentos deve, obrigatoriamente, obter o título de bacharel em Engenharia de Alimentos em qualquer instituição de ensino superior que ofereça o curso, com duração média de cinco anos, e seja reconhecido pelo MEC. 

    O engenheiro de alimentos deve estar preparado para estudar muito cálculo, bem como conceitos químicos, biológicos, físicos e nutricionais e estar preparado para lidar no dia a dia profissional com nutricionistas, químicos, engenheiros químicos, engenheiros de produção e até mesmo administradores.

    Se você gostaria de se profissionalizar na área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia de Alimentos, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão?

    Qual cidade deseja trabalhar?