Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Vestibular e Enem

Esquenta Enem: O que mais cai na prova de Ciências Humanas

por Giovana Murça em 31/10/19 790 visualizações

No próximo domingo (03), milhões de pessoas enfrentam o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos irão fazer as provas de Linguagens, Humanidades e Redação. Dentro de Ciências Humanas e suas tecnologias serão cobrados conteúdos de História, Geografia, Filosofia e Sociologia.

Leia também: Esquenta Enem: O que mais cai na prova de Linguagens

Para te ajudar a responder às 45 questões dessas disciplinas e fazer o Enem de boa, a Revista Quero preparou o Esquenta Enem em parceria com o Anglo Vestibulares. São vídeos de revisões de todas as matérias com professores do Anglo. Para se inscrever, basta se cadastrar gratuitamente:

Se inscreva no Esquenta Enem

O que revisar?

A prova de Ciências Humanas do Enem tem a característica de ser bastante interpretativa e com muitos textos. Dessa forma, a principal dica dos professores é a leitura atenta da prova. Veja outras dicas dos professores para você mandar bem nessas matérias.

Baixe gratuitamente o Guia sobre a Redação do Enem

História

O professor do Anglo Vestibulares, Gian Dorigo, enfatiza que muitas questões do Enem apresentam os assuntos apenas como uma contexto: “Eles cobram a interpretação daquele texto e não o conteúdo em si”. 

As datas comemorativas de 2019 não devem ser uma grande preocupação para a prova, tranquiliza o professor Gian. A prova é preparada com bastante antecedência e, segundo Gian, historicamente, o Enem não se preocupa com essas datas.

A prova de História costuma cobrar sobre movimentos sociais e como a ações desses movimento resultam em mudanças, inclusive na legislação. Dois movimentos destacados pelo professor são a luta pelo abolicionismo, durante o Brasil Império no século XIX, e o movimento operário brasileiro, desde sua criação no século XX até a criação da legislação trabalhista na Era Vargas.

Outro assunto quente para a prova é o período da Primeira República brasileira, no qual o professor pede a atenção ao autoritarismo político, ligado às oligarquias e ao coronelismo, a manipulação das eleições com o voto de cabresto.

Leia também: Quais são os assuntos de História que mais caem no Enem?

O último tema que o professor enfatiza é a história contemporânea da África e Ásia, que inclui o processo de imperialismo e descolonização das regiões.

Geografia

Mais do que conteúdos, o Enem cobra habilidade e competências de seus candidatos. Em Geografia, o professor Augusto Silva do Anglo Vestibulares destaca duas: a interpretação de gráficos, tabelas e mapas e a análise da relação dos ser humano com o meio ambiente

A dica do professor é a leitura atenta dos textos verbais e não-verbais. No caso dos gráficos, tabelas e mapas (não-verbais), Augusto orienta que o candidato analise aquilo que tem maior e menor incidência, pois normalmente as perguntas focam nesses aspectos.

O professor acredita que com o Enem “mais técnico” o foco deva ser em questões de aspectos naturais, como a geografia física. Veja os cinco temas que você deve revisar para a prova de Geografia:

1. Geografia física: climatologia e geomorfologia (hidrografia, vegetação, relevo e clima);

2. Questões ambientais: mudanças climáticas e desmatamento;

3. População: Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), taxa de natalidade, mortalidade, e outras;

4. Questão urbana: expansão das grandes cidades, condição de vida da população e desigualdades urbanas;

5. Geografia agrária: produção agrícola e desigualdades no campo.

Leia também: Quais são os assuntos de Geografia que mais caem no Enem?

Pensando na antecedência com que é formulada a prova, Augusto acredita que assuntos muito recentes e polêmicos não devem aparecer. É o caso do desmatamento da Amazônia, entretanto a degradação de outros biomas como Cerrado e Mata Atlântica são recorrentes na prova.

Outros assuntos da atualidade que ocorrem há mais de um ano são prováveis, como o Brexit, a crise dos refugiados, a guerra comercial entre Estados Unidos e China, os conflitos no Oriente Médio, como a Guerra na Síria, as desigualdades sociais e problemas econômicos em diversos países africanos e perseguições religiosas no Myanmar.

Filosofia

Nas questões de Filosofia, o Enem se utiliza de autores como pretexto para cobrar as competências e habilidades exigida nessa prova. Pensando nisso, o professor Gian Dorigo não recomenda que o aluno decore nenhum conceito filosófico, mas que saiba interpretar os textos e manejar esses conceitos.

Os temas mais recorrentes na prova de Filosofia, segundo o professor, são:

1. Filosofia clássica: no nascimento da filosofia na Grécia Antiga destacam-se as ideias de Platão e Aristóteles;

2. Filósofos pré-socráticos ou filósofos da natureza;

3. Filosofia política: a prova costuma comparar as ideias das diversas correntes do contratualismo na Idade Moderna, principalmente de Jean-Jacques Rousseau, Montesquieu e John Locke;

4. Racionalismo, com foco para René Descartes e nas diferenças em relação ao Empirismo.

Sociologia

Assim como em Filosofia, as questões de Sociologia são mais interpretativas e usam os temas como pretextos para avaliar as habilidades e competências dos candidatos.

Pensando num Enem “mais técnico”, o professor Augusto Silva, acredita que mesmo que sejam abordados textos sobre desigualdades sociais ou feminismo, por exemplo, as questões não irão cobrar o assunto em si, mas a interpretação do trecho.

Os assuntos mais recorrentes em Sociologia e que, portanto, devem ser revisados são:

1. Cultura e seus subtemas, como aculturação, apropriação cultural e choque de culturas;

2. Cultura brasileira: “Várias questões abordam tradições de algumas regiões dialogando com imagens e particularidades da sociedade contemporânea”, afirma XXX;

3. Teoria sociológica: Émile Durkheim, Max Weber, Jean-Jacques Rousseau e sociólogos brasileiros, como Florestan Fernandes;

4. Mundo do trabalho: a relação que a sociedade tem com o trabalho.

Leia também: Quais são os assuntos de Filosofia que mais caem no Enem?
Quais são os assuntos de Sociologia que mais caem no Enem?
banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54